Desafios da gestão em pecuária de corte para maximizar os resultados, frente às exigências do mercado atual

  • Maurício Nobuyuki Miyashita Piona
  • Antonio Chaker El-Memari Neto
  • Géssy Gabriella Gentile de Paula Caetano
  • Alessandra Schaphauser Rosseto Fonseca
  • Joelson Antonio Silva

Resumo

A gestão em pecuária de corte se faz cada vez mais importante, pois ainda que em condições semelhantes algumas fazendas apresentam lucro, enquanto outras prejuízo. Entre os motivos principais estão a falta de planejamento e direcionamento. Através da ferramenta de benchmarking da safra 2017/2018, realizada por diversos consultores, juntou-se os dados de 420 fazendas e buscou-se entender os processos que existem em cada uma delas e saber os “porquês” de cada resultado financeiro. Observou-se que as fazendas que mais lucraram tinham em sua essência vários pontos em comum. Entre eles a presença de colaboradores comprometidos e presença de um líder que motiva a equipe. As fazendas mais lucrativas sabem onde estão, onde querem chegar, como vão chegar e o que precisam medir. Dentre os principais indicadores para auxiliar a mensurar a evolução financeira da propriedade estão: LUCRO POR HECTARE POR ANO, onde as propriedades avaliadas com os melhores resultados superaram a casa dos R$ 460,00 enquanto a média faturou R$28,12; LOTAÇÃO, as fazendas com média inferior a 1,2 UA/ha/ano apresentaram média/baixa rentabilidade; GANHO MÉDIO DIÁRIO (GMD), as fazendas de sucesso superam 0,5 kg/cab/dia; TAXA DE DESFRUTE, os sistemas mais produtivos tiveram um desfrute de 65,7%, enquanto a média foi de 46,4%. PRODUÇÃO DE ARROBA/HA/ANO, a média brasileira não chega a 3@, acredita-se que o alvo das empresas fazendas devam superar 10@/ha/ano e TAXA DE DESMAME, onde os mais rentáveis alcançaram 75,3%. Concluiu-se que as empresas rurais que empregam estes indicadores como ferramentas para auxiliar a medir desempenho produtivo mensalmente e dar norte para sua equipe conseguem atingir com maior acurácia os seus planejamentos e ter um maior lucro.
Publicado
2019-05-13