Influência de substratos alternativos para produção de pimenteira ornamental (Capsicum annuum L.)

  • João José da Silva Neto
  • Elizanilda Ramalho do Rêgo
  • Priscila Alves Barroso
  • Naysa Flávia Ferreira do Nascimento
  • Diego S. Batista
  • Moryb J. L. C. Sapucay
  • Mailson Monteiro do Rêgo

Resumo

O presente trabalho teve o objetivo de avaliar o desenvolvimento de plantas de pimenta ornamental (Capsicum annuum) em função de diferentes substratos e adubos orgânicos. O experimento foi conduzido em inteiramente ao acaso com treze tratamentos e três repetições. Das 16 características avaliadas apenas 4 não apresentaram diferença significativa, P ≤ 0,05 pelo teste F. Os tratamentos 1, 3 e 5, constituído por areia lavada, terra vegetal e ½ areia lavada + ½ terra vegetal respectivamente, foi ineficiente para produção de pimentas. O tratamento 2, composto apenas por substrato comercial, apresentou bons resultados para várias características. Os tratamentos 10 e 11, 12 e 13 compostos pela mistura dos materiais terra vegetal, areia lavada, substrato comercial, esterco bovino e caprino, contribuíram para um bom desenvolvimento das plantas, seguido pelo tratamento 8 composto por terra vegetal, areia lavada e esterco caprino que apresentou também boas características nas plantas avaliadas. Assim o substrato comercial se mostrou eficiente na produção de pimenteira ornamental, mas existe a possibilidade da utilização de diversas combinações de substratos alternativos visando à redução de custos e melhoria da produção de pimenteiras ornamentais.
Publicado
2013-12-26
Seção
Artigo Científico