Obtenção e qualidade de geleia e doce em calda de facheiro (Cereus squamosus)

  • Amanda Ramalho Honório de Medeiros
  • Maria José da Silva Luíz
  • Emmanuel Moreira Pereira
  • Eliel Nunes da Cruz
  • Maria Isabel Valentim de Oliveira
  • Daniela Dantas de Farias Leite

Resumo

A utilização tradicional dos caules como forragem animal induz comportamentos a priori de rejeição como alimentação humana, o que não deve desestimular estudos com esta finalidade. Com tratamento adequado esses materiais podem ser utilizados na produção de alimentos, tais como doces, bolos, bolachas, cocadas e geleias, entre outros. Neste trabalho objetivou-se o preparo de geleia e doce em calda do cladódio do facheiro e a sua qualidade físico-química. O experimento foi conduzido no Laboratório de Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos Frutohortícolas – PDFRUTHO do CCHSA, Campus Bananeiras – Bananeiras/PB, pertencente à Universidade Federal da Paraíba. Foram avaliadas as seguintes determinações analíticas: sólidos solúveis (SS), valor de pH, vitamina C e a acidez titulável (AT). O pH baixo e o alto valor de acidez titulável encontrados na geleia possivelmente foram influenciados pelo incremento do ácido na sua formulação. A geleia e o doce em calda apresentaram bons teores de sólidos solúveis.
Publicado
2016-12-12
Seção
Artigo Científico