Um estudo preliminar para organização de dicionários de Libras por configuração de mãos em SignWriting

  • Carla Damasceno de Morais Universidade Federal de Santa Catarina

Resumo

Este artigo apresenta um estudo preliminar de organização de dicionários de línguas de sinais, por configuração de mãos (CMs), em SignWriting. As línguas de sinais, de modalidade espaço-visual, são sinalizadas por comunidades surdas, e possuem dicionários impressos, em sua maioria, organizados pela ordem alfabética da língua falada. No entanto, mesmo os dicionários organizados pela ordem alfabética, podem contribuir para pesquisas visando à elaboração de dicionários por configuração de mão e em SignWriting. Nesse sentido, foram analisadas duas obras: o Dicionário da Língua de Sinais do Brasil. A Libras em suas Mãos (2017), que emprega a sequência alfabética da língua portuguesa e, o The American Sign Language Handshape Dictionary (1998), que utiliza CM do alfabeto da Língua de Sinais Americana (ASL) como também as CMs de numeração de 1 a 10, da ASL. Após identificar como cada obra está constituída, os resultados preliminares indicam que é possível organizar dicionários de Libras por CMs.

Biografia do Autor

Carla Damasceno de Morais, Universidade Federal de Santa Catarina
Pós-Doutorado em Linguística Aplicada (em andamento) na UFSC (2018), Doutora em Linguística (2013-2016 - UFSC), Mestre em Literatura (2010 - UFSC), Aperfeiçoamento em Educação Profissional e Tecnológica Inclusiva (2010 - IFMT/Cuiabá), Especialista em Educação de Surdos (2008 - IFSCSJ), Graduada em Ciências Sociais (1989 - PUCSP). Membro do NEPES Núcleo de Estudos e Pesquisas em Educação de Surdos do Instituto Federal de Santa Catarina, Campus Palhoça Bilíngue. Membro do grupo de pesquisa sobre SignWriting da Universidade Federal de Santa Catarina. Membro do grupo de pesquisa Semiótica, libras e educação de surdos da Universidade Federal da Paraíba
Publicado
2019-09-12
Como Citar
Morais, C. D. de. (2019). Um estudo preliminar para organização de dicionários de Libras por configuração de mãos em SignWriting. DLCV - Língua, Linguística & Literatura, 15(1), 72-90. https://doi.org/10.22478/ufpb.2237-0900.2019v15n1.45327
Seção
Artigos