As transformações de Gregor Samsa entre o texto original e os textos traduzidos

Autores

  • Tito Lívio CRUZ ROMÃO UFC

Palavras-chave:

Metamorfose, Kafka, Ungeziefer, inseto, barata

Resumo

Na novela de Kafka Die Verwandlung (A metamorfose), o jovem Gregor Samsa, uma certa manhã, depois de despertar de sonhos agitados, dá-se conta, em sua cama, de que se transformara em um monstruoso inseto. Ao longo de décadas, esta obra de Kafka tem sido traduzida em diversas línguas e, em geral, tem-se optado pelo hiperônimo “inseto” para designar o que o autor chamou, na abertura do relato, de “Ungeziefer”. No Brasil, notadamente, houve uma tendência bastante difundida – mas não necessariamente nas traduções de Die Verwandlung – de se querer identificar o resultado da transformação de Gregor Samsa com uma “barata”. Este trabalho tem por objetivo cotejar e analisar 31 diferentes versões de Die Verwandlung em português, espanhol, italiano, francês e inglês, a fim de verificar a tradução do termo “Ungeziefer”, bem como tentar encontrar explicações para o uso da imagem de uma barata ou de outro bicho como uma provável forma de transferência cultural.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BEICKEN, P. Erläuterungen und Dokumente. Franz Kafka. Die Verwandlung. Stuttgart: Reclam, 1987.

CUNHA, C.; CINTRA, L. Nova Gramática do Português Contemporâneo. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 2005 (1984).

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. Kafka. Para uma literatura menor. Trad. de Rafael Godinho. Lisboa: Assírio e Alvim, 2003.

FREUD, S. Gesammelte Werke. Band XII. Werke aus den Jahren 1917 – 1920. Frankfurt am Main: Fischer Taschenbuch Verlag, 2006.

HOUAISS, A.; VILLAR, M. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001.

KAFKA, F. Metamorfose. 2ª ed. Trad. de Brenno Silveira. Rio de Janeiro: BUP – Biblioteca Universal Popular, S.A., 1965.

_________. La Métamorphose. Trad. Alexandre Vialatte. Paris: Gallimard, 1987 (1955).

_________. La Métamorphose, suivi de Dans la colonie pénitentiaire. Trad. de Bernard Lortholary. Paris: Flammarion, 1988.

_________. Tagebücher. 1910-1923. Frankfurt am Main: Fischer Taschenbuch Verlag, 1989.

_________. Briefe. 1902 – 1924. Frankfurt am Main: Fischer Taschenbuch Verlag, 1989.

_________. Erzählungen. Stuttgart: Reclams-Universal-Bibliothek, 1995a.

_________. La metamorfosis. Trad. de Cristina Frodden. Santa Fe de Bogotá: Grupo Editorial Norma, 1995b.

_________. A metamorfose. 10ª ed. Trad. de Gabriela Fragoso. Lisboa: Editorial Presença, 1996.

_________. A metamorfose. Trad. de Modesto Carone. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.

_________. The Metamorphosis. Trad. de Willa and Edwin Muir. In: The complete stories. Naum N. Glatzer (ed.). Nova Iorque: Schocken Books, 1988.

_________. A metamorfose. Trad. de Pietro Nassetti. São Paulo: Editora Martin Claret, 2001.

_________. A metamorfose. Trad. de Calvin Carruthers. São Paulo: Editora Nova Cultural Ltda., 2002.

_________. A metamorfose. Trad. de Isabel Castro e Silva. Lisboa: Relógio d’Água Editores, 2005a.

_________. La metamorfosis. Trad. Guillermo Lorenzo. Madri: Funambulista, 2005b.

_________. La metamorfosis. La condena. Carta al padre. Trad. José Fernández Z. Barcelona: Editorial Juventud, 2006.

_________. Os filhos. Três histórias. A sentença. O fogueiro. A transformação. Trad. de Álvaro Gonçalves. Lisboa: Assírio e Alvim, 2007a.

_________. Metamorphosis and other stories. Trad. de Michael Hofmann. Nova Iorque: Penguin Books, 2007b.

_________. La transformación. Trad. Juan José del Solar. México D.F.: Random House Mondadori, 2007c.

_________. Bestiario. Barcelona: Editorial Anagrama, 2008a.

_________. Brief an den Vater. Colônia: Anaconda Verlag GmbH, 2008b.

_________. La metamorfosis. Trad. José Rafael Hernández Arias. Madri: Cofás Artes Gráficas, 2009.

_________. A metamorfose. Trad. de Marcelo Backes. Porto Alegre: L&PM, 2010.

_________. La metamorfosis. La condena. La muralla china. Trad. R. Kruger. Madri: Editorial Edaf, S.L.U., 2012a.

_________. La metamorfosi. Trad. de Elisa Perotti. In: Franz Kafka. Questa volta non mi alzo più. Roma: Nova Delphi, 2012b.

_________. La metamorfosis. Trad. Francisco Zanutigh Núñez. Buenos Aires: Editorial Losada, 2013.

_________. La metamorfosis. Adapt. Blanca Martínez Fernández. Ciudad de México: Selector, 2014a.

_________. La metamorfosis y otros cuentos. Tradutor não informado. Buenos Aires: Ediciones Lea, 2014b.

_________. The Metamorphosis; a new translation. Trad. de Susan Bernofsky. Nova Iorque: W. W. Norton & Company, 2014c.

_________. La metamorfosis. (Tradutor não informado.) Cuauhtémoc, D.F. (México): Editores Mejicanos Unidos, 2015a.

_________. La metamorfosis. Carta al padre. Trad. Ma. de la Luz Morales U. México D.F.: Grupo Editorial Tomo, 2015b.

_________. La metamorfosis. Adaptado do original alemão por Alicia Alarcón Armendáriz. 15ª ed. Cidade do México: Selector, 2015c (2003).

_________. La metamorfosis. El proceso. Tradutor não informado. México D.F.: Editorial Porrúa, 2015d.

_________. La metamorfosi. Trad. de Manuela Boccignone. Praga: Vitalis, 2015e.

_________. La Métamorphose. Trad. de Claude David. Paris: Gallimard, 2015e (1989).

MAIROWITZ, D. Z.; CRUMB, Robert. Kafka para principiantes. Trad. de J. Freitas e Silva. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 2000.

OVID. Metamorphosen. Trad. de Johann Heinrich Voß e Reinhart Suchier. Colônia: Anaconda Verlag GmbH, 2010.

Downloads

Publicado

2016-12-20