A construção do herói no desenho animado: o período das narrativas híbridas (1980 – 2000)

  • Fernando Teixeira Luiz UNOESTE
Palavras-chave: Desenho animado, Literatura, Estética, Leitor, Herói

Resumo

Revela-se, nas últimas décadas do século XX, a incidência de séries animadas protagonizadas por heróis primordiais, afinados à mitologia pagã e às Novelas de Cavalaria. Nessa direção, o presente estudo ocupa-se em rastrear, a partir de uma perspectiva crítica, descritiva e historicista, as propostas veiculadas pelo cinema gráfico entre 1980 e 2000 e suas articulações com a literatura, o cinema e os quadrinhos. Não está em cogitação, assim, a análise minuciosa de uma obra, mas o delineamento de um panorama histórico que permita visualizar as perspectivas de representação de heróis tradicionais ao longo de vinte anos. Para tanto, recorre-se à crítica especializada, às teorias da narrativa e aos estudos sobre desenho animado e indústria cultural. Em linhas gerais, a pesquisa apontou para um quadro curioso, se comparado às décadas anteriores, marcado, predominantemente, pelo hibridismo. Assim, diversos estúdios lançavam mão de uma teia de signos típicos de circuitos específicos, como o universo da mitologia, o substrato medieval, a literatura arturiana, a fantasia futurista, o faroeste norte-americano e as fontes lendárias dos samurais.

Biografia do Autor

Fernando Teixeira Luiz, UNOESTE
Doutor em Letras. Docente da Universidade do Oeste Paulista – UNOESTE – Presidente Prudente – SP, Brasil

Referências

ALVES, M. R. Eneida: a evolução do herói. Revista conhecimento prático: literatura. São Paulo: Escala Educacional, 2010.

AUMONT, J; MARIE, M. Dicionário teórico e crítico de cinema. Campinas: Papirus, 2003.

BULFINCH, T. O livro de ouro da mitologia: histórias de deuses e heróis. São Paulo: Ediouro, 2006.

CAMPBELL, J. O herói de mil faces. São Paulo: Pensamento, 2007.

CAVALCANTI, C. Como entender a pintura moderna. Rio de Janeiro: Editora Rio, 1975.

COELHO, N. N. Literatura infantil: teoria, análise e didática. São Paulo: Moderna, 2000.

COELHO, N. N. Panorama histórico da literatura infantil/juvenil. São Paulo: Edições Quíron, 1989.

DENIS, S. O Cinema de animação. Lisboa: Edições Texto e Gráfica, 2010.

GOTLIB, M. G. Teoria do conto. São Paulo: Ática, 2000.

JAEGER, E. Paideia: a formação do homem grego. São Paulo: Martins Fontes, 1986.

LURKER, M. Dicionário de simbologia. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

MORELLI, A. Super-heróis nos desenhos animados. São Paulo: Editora Europa, 2010.

SANTAELLA, L. O que é semiótica. São Paulo: Brasiliense, 1983.

SHELLEY, M. Frankenstein. São Paulo: Editora Oxford, 1989 (primeira edição em 1818).

SOUZA, R. J. Narrativas infantis: a literatura e a televisão de que as crianças gostam. Porto Alegre: PUC, 1992.

Filmes

As novas viagens de Simbad. Direção de Gordon Hessler. Columbia Pictures. Reino Unido: 1974. Fortaleza: Classicline, 2002. DVD (1h45m), colorido.

Blade runner, o caçador de androides. Direção de Ridley Scott. Produtora: The Ladd Company Shaw Brothers Blade Runner Partnership. Estados Unidos: 1982. São Paulo: Warner Bros, 1982. VHS (1h47 m), colorido.

Bravura indômita. Direção de Henry Hathaway. Hal Wallis. Estados Unidos: 1969. Rio de Janeiro: Paramount Pictures Brasil, 1969. VHS (2h 06m), colorido.

Conan, o destruidor. Direção de Richard Fleischer. Universal Pictures. Estados Unidos: 1982. São Paulo: Fox Film do Brasil, 1982. VHS (1h 41m), colorido.

Fúria de titãs. Direção de Dasmond Davis. Warner Bros. Reino Unido: 1981. São Paulo: Warner Bros, 2008. DVD (1h 58m), colorido.

Guerra nas estrelas. Direção de George Lucas. Lucas Film. Estados Unidos: 1977. São Paulo: Fox Film, 1977. VHS (2h10 m), colorido.

Jasão e os argonautas. Direção de Don Jaffey. Morningside Productions. Inglaterra/ Estados Unidos: 1968. São Paulo: Columbia Pictures, 1968. VHS (1h 44m), colorido.

Jornada nas estrelas. Direção de Gene Roddenberry. Paramount. Estados Unidos, 1979. São Paulo: Paramount, 1979. VHS (2h10), colorido.

Mad Max. Direção de George Miler. Crossroads, Kennedy Muller: Austrália, 1979. São Paulo: Village Roadshow Pictures, 1979. VHS (1h28m), colorido.

Matar ou morrer. Direção de Fred Zinneman. Carl Foreman e Stanley Kramer: Estados Unidos, 1952. VHS (1h24m), preto e branco.

Mulher biônica. Direção de Kenneth Johnson MCA/Universal, Estados Unidos: 1976. Rio de Janeiro: NBC Universal, 1976. VHS (média 50m cada episódio), colorido.

No tempo das diligências. Direção de Walter Wanger e John Ford. Estados Unidos, 1939. VHS (1h36m), preto e branco.

O planeta dos macacos. Direção de Franklin J. Schaffner Legendary, Estados Unidos: 1969. São Paulo: Fox Film do Brasil, 1969. VHS (2h), colorido.

Desenhos animados (longa-metragem) e séries animadas

A tartaruga Touchê. Produção de Willian Hanna e Joseph Barbera. Estúdios Hanna-Barbera: Estados Unidos, 1962. https://www.youtube.com/watch?v=_5ryN-ShL8A (acesso em 21/09/2018).

Akira. Produção de Shunzo Kato, Yoshimasa Mizuo, Riohei Suzuki. Akira Company Ltd: Japão, 1988. São Paulo: Editora Globo e Rede Bandeirantes: 1991. VHS. (2h4 min), colorido.

As tartarugas ninja. Produção de Jack Mendelsohn. WolfSwenson, Studios e Playmates Stoy: Estados Unidos, 1987. https://www.youtube.com/watch?v=eJe6ad8n0aA (acesso em 18/08/2018).

Batman e Robin. Produção de Hal Sutherland. Estúdios Filamtion: Estados Unidos, 1968. https://www.youtube.com/watch?v=Ng0ohdyacTo (acesso em 21/09/2018)

Bravestarr. Produção de Bob Arkwright e Lou Zukor. Estúdios Filamtion: Estados Unidos, 1987. https://www.youtube.com/watch?v=nEnEHfVgN40 (acesso em 20/09/2018).

Caverna do dragão. Produção de Bob Richardson. TSR e Marvel: Estados Unidos, 1983. https://www.youtube.com/watch?v=zAeJ3_Wwt5Q (acesso em 21/09/2018).

Dinosaucers: o planeta dos dinossauros. Produção de Michael Uslan. DiC Entertainment: Estador Unidos,1987. https://www.youtube.com/watch?v=KmuLjXWlc24 (acesso em 21/09/2018).

Fantasmas solitários. Produção de Burt Gillett. Estúdios Disney: Estados Unidos, 1937. https://www.dailymotion.com/video/x2tkp9e (acesso em 21/09/2018).

Galaxy rangers. Produção de Robert Mandell. Gaylord Productions: Estados Unidos, 1986. https://www.youtube.com/watch?v=zvePRGJxYrg (acesso em 20/09/2018).

He-Man e os mestres do universo. Produção de Hal Sutherland. Estúdios Filamtion: Estados Unidos, 1983. São Paulo: Focus Filmes, 2012.

O Cavaleiro solitário. Produção de Bob Arkwright e Lou Zukor. Estúdios Filamtion: Estados Unidos, 1980. https://www.youtube.com/watch?v=96oaO5HaQlk (acesso em 22/09/2018).

O Máskara. Produção de John Arcudi, Doug Mahnke e Mike Richardson. Estúdios Film Roman: Estados Unidos, 1995. https://www.youtube.com/watch?v=69pPbrTlNmc (acesso em 01/09/2018).

O poderoso Mighton. Produção de Alex Toth. Estúdios Hanna-Barbera: Estados Unidos, 1967. https://www.dailymotion.com/video/x1tzn0x (acesso em 01/09/2018).

Os caça-fantasmas. Produzido pela Sony Pictures Television e DiC Entertainment. Columbia Pictures: Estados Unidos, 1986. https://www.youtube.com/watch?v=G7J2ZMrhWco (acesso em 02/09/2018).

Os Herculoides. Produção de Willian Hanna e Joseph Barbera. Estúdios Hanna-Barbera: Estados Unidos, 1966. https://www.youtube.com/watch?v=I82hz8VrsH0 (acesso em 02/09/2018).

Pac Man. Produção de Willian Hanna e Joseph Barbera. Estúdios Hanna-Barbera: Estados Unidos, 1984. https://www.youtube.com/watch?v=QojutCuuH3w (acesso em 05/08/2018)

Pepe legal. Produção de Willian Hanna e Joseph Barbera. Estúdios Hanna-Barbera: Estados Unidos, 1958. https://www.dailymotion.com/video/xycl9l (acesso em 08/08/2018).

Rambo. Produção de Roby Spears Enterprises. Universal Studios: Estados Unidos, 1986. https://www.youtube.com/watch?v=t6RP2AlswEc (acesso em 22/09/2018).

Robobos. Produção de Willian Hanna e Joseph Barbera. Estúdios Hanna-Barbera: Estados Unidos, 1978. https://www.dailymotion.com/video/x17u2th (acesso em 17/08/2018).

Robocop. Produção dos Estúdios Marvel. Orion Films: Estados Unidos, 1987. https://www.youtube.com/watch?v=CvRcXw_XuZE (acesso em 10/09/2018).

She-Ra. Produção de Hal Sutherland. Estúdios Filamtion: Estados Unidos, 1985. São Paulo: Focus Film, 2012.

Space Ghost. Produção de Willian Hanna e Joseph Barbera. Estúdios Hanna-Barbera: Estados Unidos, 1966. https://www.youtube.com/watch?v=A5K8E48NAOk (acesso em 16/09/2018).

Super Mário Brothers. Produção de Andy Heyward e John Grusd. DiC Entertainment: Estados Unidos, 1989. https://www.youtube.com/watch?v=UBN3C2KH3bs (acesso em 07/09/2018).

Superman. Produção de Fleiscer Studios e Famous Studios: Estados Unidos, 1941. https://www.youtube.com/watch?v=djwgODXqIro (acesso em 12/09/2018).

Thundarr, o barbado. Direção de Jerry Eisenberg. Estúdios Roby Spears: Estados Unidos, 1980. https://www.youtube.com/watch?v=rfT5qRNjFJg (acesso em 15/09/2018).

Thundercats. Produzido por Arthur Rankin Jr. e Jules Bass. Estúdios Rankin e Bass: Estados Unidos, 1985. https://www.youtube.com/watch?v=L6f3J3PE7mM (22/09/2018).

Visionários: os cavaleiros da luz mágica. Produção dos Estúdios Sunbow e TMS: Estados Unidos, 1987. https://www.youtube.com/watch?v=QZMtCawBxUI (acesso em 22/09/2018).

X-Men. Produção dos Estúdios Marvel: Estados Unidos, 1992. https://www.dailymotion.com/video/x600jh1 (acesso em 09/09/2018).

Zorro. Produção de Don Christensen. Estúdios Filamtion: Estados Unidos, 1981. https://www.youtube.com/watch?v=RkiWK99I5bQ&list=PLXiLw1i6a9wu1SWUE4BOqBmwyWcQDRUBg (acesso em 19/09/2018).

Publicado
2019-07-04
Como Citar
LUIZ, F. T. A construção do herói no desenho animado: o período das narrativas híbridas (1980 – 2000). Revista Graphos, v. 21, n. 1, p. 239-260, 4 jul. 2019.