AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS E ATITUDES DO MOVIMENTO ROMÂNTICO

  • Ana Rosa Gonçalves De Paula Guimarães UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

Resumo

Este trabalho, por meio de uma revisão bibiográfica-dedutiva, busca investigar quais as principais características e atitudes que concernem ao Movimento Romântico pertencente ao início do século XVII e final do século XIX. Para tanto, serão percorridos o contexto históricossocial da época, em especial na Europa; a etimologia do vocábulo romântico e, autores como Goethe, Musset, Keats e Álvares de Avezedo, a fim de observar e analisar os elementos constituintes do Romantismo, como: a subjetividade, o individualismo, o sentimentalismo, os escapismos, a identificação com a Natureza, a morbidez, a solidão, a melancolia, as frustrações, o espírito taciturno, noctívago, sombrio e a tentativa de resgate da “unidade perdida”. O Romantismo foi um movimento muito vasto, cuja busca pelo “paraíso perdido”, a descrença das Revoluções e dos novos inventos tecnológicos, desencadearam aos poetas, músicos, filósofos e pintores do período, a busca pelo “tornar-se uno’, por meio das vivências interiores e do autoconhecimento.

Biografia do Autor

Ana Rosa Gonçalves De Paula Guimarães, UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

Possui graduação em Psicologia pela Universidade de Franca (2009), licenciatura plena em Letras - Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa, pelo Centro Universitário de Franca (2011), especialista em Saúde Pública, pela Universidade de Franca (2011). Bacharelado em Teologia, em andamento pela Faculdade Teológica Nacional e mestrado em Psicologia, com ênfase em Psicanálise e Cultura, em andamento, pela Universidade Federal de Uberlândia.

 

Referências

ANDRADE, R. A face noturna do pensamento freudiano: Freud e o Romantismo alemão. Niterói: EduFF, 2000.

BORNHEIM, G. “Filosofia do Romantismo”. In: GUINSBURG, J. (Org.). O Romantismo. São Paulo: Perspectiva, 1985.

BOSI, A. Imagens do Romantismo no Brasil. In: GUINSBURG, J. (Org.). O Romantismo. São Paulo: Perspectiva, 1985.

CANDIDO, A. Caderno de análise literária. 2 ed. São Paulo: Ed. Àtica, 1986.

CARPEAUX, O. M. Prosa e Ficção do Romantismo. In: GUINSBURG, J. (Org.). O Romantismo. São Paulo: Perspectiva, 1985.

CARPEAUX, O. M. O Romantismo por Carpeaux. São Paulo: Leya, 2012.

CITELLI, A. Romantismo. 3. ed. São Paulo: Àtica, 1993.

GOETHE, J. W. Os Sofrimentos do Jovem Werther. (P. Nasseiti, Trad.). 2ª ed. São Paulo: Editora Martin Claret, 2008.

GUINSBURG, J. Romantismo, Historicismo e História. In: GUINSBURG, J. (Org.). O Romantismo. São Paulo: Perspectiva, 1985.

HAUSER, A. História social da arte e da literatura. (A. Cabral trad.). São Paulo: Martins Fontes, 1998.

HUGO, V. Do grotesco e do sublime. (C. Barretini trad. e notas). São Paulo: Perspectiva, 2010.

KEATS, J. Ode a Melancolia e outros poemas. (P. E. S. Ramos trad. e org.). São Paulo: Hedra, 2010.

LEJARRAGA, A. L. Paixão e Ternura: um estudo sobre a noção de amor na obra freudiana. Rio de Janeiro: Relume Dumará; FAPERJ, 2002.

LOUREIRO, I. R. B. Freud e o estilo romântico. São Paulo: Escuta: FAPESP, 2002.

LÖWY, M. Romantismo e Messianismo: sobre Lukács e Walter Benjamin. (M. V. Baptista e de M. P. Baptista trad.). São Paulo: Perspectiva, 1990.

MUSSET, A. A Confissão de Um Filho do Século. (P. M. Oliveiras e A. P. Guimarães). Editora Escala, 2008.

NUNES, B. A visão romântica. In: GUINSBURG, J. (Org.). O Romantismo. São Paulo: Perspectiva, 1985.

PRADO, D. A. O teatro romântico: a explosão de 1830. In: GUINSBURG, J. (Org.). O Romantismo. São Paulo: Perspectiva, 1985.

ROMERO, S. História da Literatura Brasileira, tomo II. Org. Luiz. A. Barreto. Rio de Janeiro: Imago; Aracaju, SE: Universidade Federal de Sergipe, 2001.

ROSENFELD, A.; GUINSBURG, J. Romantismo e Classicismo. In: GUINSBURG, J. (Org.). O Romantismo. São Paulo: Perspectiva, 1985.

SALIBA, E. T. As utopias românticas. São Paulo: Brasiliense, 1991.

SAFRANSKI, R. Romantismo: uma questão alemã. Trad. R. Rios. São Paulo: Estação Liberdade, 2010.

STEINER, R. O método cognitivo de Goethe: linhas básicas para uma gnosiologia da cosmovisão goethiana. Trad. B. Calegaro. São Paulo: Antroposófica, 2004.

ZANINI, W. A arte romântica. In: GUINSBURG, J. (Org.). O Romantismo. São Paulo: Perspectiva, 1985.

Publicado
2016-05-04
Como Citar
GUIMARÃES, A. R. G. D. P. AS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS E ATITUDES DO MOVIMENTO ROMÂNTICO. Letras & Ideias, v. 1, n. 1, p. 66-85, 4 maio 2016.
Seção
Artigos