JOSÉ SOARES DE ARAÚJO: UM ARTISTA COMPLETO (DIAMANTINA, SÉCULO XVIII)

Autores

  • Maria Cláudia Almeida Orlando Magnani

Resumo

“Araújo, José Soares de (Braga, Portugal, primeira metade do século XVIII – Diamantina, MG 1799). Pintor. Tendo provavelmente realizado sua formação artística em Portugal, veio em seguida para o Brasil...”2. Assim começa o verbete dedicado a José Soares de Araújo no Dicionário de Artes Plásticas no Brasil. De fato, as informações sobre esse pintor em Portugal são escassas. Nada foi encontrado relativo a uma possível formação artística ou a qualquer documento que o vinculasse à pintura, nem tampouco ao seu deslocamento para o Brasil. A pressuposição da formação artística é absolutamente cabível, uma vez que o requinte da sua pintura assim o sugere. Não só o requinte, como a exclusividade de determinadas características extremamente eruditas, sem igual nas Minas Gerais. Deve-se levar em conta ainda o fato de ter-se ele dedicado à pintura pouco tempo após sua chegada à colônia, ou pelo menos, pouco tempo depois da data do primeiro registro da sua presença no arraial do Tijuco...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-06-30

Como Citar

ORLANDO MAGNANI, M. C. A. JOSÉ SOARES DE ARAÚJO: UM ARTISTA COMPLETO (DIAMANTINA, SÉCULO XVIII). Sæculum – Revista de História, [S. l.], n. 28, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/srh/article/view/18190. Acesso em: 19 jan. 2022.

Edição

Seção

Dossiê: História e História da Arte