A FRENTE POPULAR, O TROTSKISMO E A ARTE-PELA-ARTE: A RECONFIGURAÇÃO DO MODERNISMO NOS ESTADOS UNIDOS (1935-1941)

Autores

  • Tiago Machado de Jesus

Resumo

O crítico de arte Clement Greenberg – defensor e responsável pela mais influente definição da vanguarda norte-americana – ao externar suas lembranças da cidade de Nova York no final dos anos 1930, fez a seguinte afirmação: “[...] algum dia será preciso contar como o “antistalinismo”, que começou mais ou menos como “trotskismo”, tornou-se arte pela arte, e desta forma abriu caminho, heroicamente, para o que viria depois”...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-06-30

Como Citar

DE JESUS, T. M. A FRENTE POPULAR, O TROTSKISMO E A ARTE-PELA-ARTE: A RECONFIGURAÇÃO DO MODERNISMO NOS ESTADOS UNIDOS (1935-1941). Sæculum – Revista de História, [S. l.], n. 28, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/srh/article/view/18199. Acesso em: 28 jan. 2022.

Edição

Seção

Dossiê: História e História da Arte