O MEDO DA MORTE E OS SEUS ESCRITOS: CAMPINA GRANDE, DÉCADAS DE 1930 e 1940

Autores

  • Severino Cabral Filho Universidade Federal de Campina Grande

Palavras-chave:

Medo da Morte, Campina Grande, Representações Jornalísticas.

Resumo

O nosso objetivo com o presente trabalho é investigar em que medida o medo da morte se refletiu nas representações dadas a ver nos escritos de jornalistas e médicos paraibanos, particularmente os da cidade de Campina Grande, Paraíba, Brasil, durante as décadas de 1930 e 1940, conforme se manifestam nos principais jornais do Estado e da cidade. Buscamos compreender ainda, entre outras coisas, como esse medo manifesto impactou na gestão pública no tocante a implementação de obras sanitárias estruturantes para a cidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Severino Cabral Filho, Universidade Federal de Campina Grande

Doutor em Sociologia pela Universidade Federal da Paraíba. Professor Associado da Unidade Acadêmica de História e Geografia e do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Campina Grande

Downloads

Publicado

2014-12-31

Como Citar

CABRAL FILHO, S. O MEDO DA MORTE E OS SEUS ESCRITOS: CAMPINA GRANDE, DÉCADAS DE 1930 e 1940. Saeculum, [S. l.], n. 31, p. 202, 2014. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/srh/article/view/189. Acesso em: 19 abr. 2024.

Edição

Seção

Dossiê: História e Saberes Médicos