'TEMPO DAS CARNES' NO SIARÁ GRANDE: O MERCADO DAS CARNES SECAS NA VILA DO ARACATI (1710-1793)

Autores

  • Leonardo Cândido Rolim

Resumo

Este artigo tem por objetivo sistematizar questões acerca da colonização dos sertões do Siará Grande, tendo como ponto principal a consolidação do comércio das carnes secas e salgadas no “porto do sertão” da ribeira do Jaguaribe, isto é, a vila de Santa Cruz do Aracati. Tendo sido criada em 1748 com o objetivo de cobrar impostos e impor um “controle social” ao povoado que, desde a década de 1720, já era importante praça comercial do litoral setentrional do Estado do Brasil. Trata-se, portanto, de analisar os objetivos da conquista dos sertões, tendo em vista sua integração à dinâmica do império português, a partir da constituição de circuitos mercantis de abastecimento alimentar das principais praças da América Portuguesa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-12-31

Como Citar

ROLIM, L. C. ’TEMPO DAS CARNES’ NO SIARÁ GRANDE: O MERCADO DAS CARNES SECAS NA VILA DO ARACATI (1710-1793). Sæculum – Revista de História, [S. l.], n. 29, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/srh/article/view/19807. Acesso em: 19 jan. 2022.

Edição

Seção

Dossiê História e História Econômica