THE WELFARE STATE AFTER THE SECOND WORLD WAR: A COMPARISON BETWEEN ITALY AND CANADA (1945-2013)

Autores

  • Matteo Troilo

Resumo

O modelo geral elaborado pelos historiadores estabelece a base do Estado de Bem Estar Social no início da era contemporânea, ainda que a assim chamada Era de Ouro tenha se iniciado apenas ao final da Segunda Guerra Mundial. Depois disso, a crise econômica de 1973 é, geralmente, vista pelos analistas como o início de um processo de reflexão a respeito das políticas sociais que também envolveram Canadá e Itália. Alguns elementos tornam estes dois países muito interessantes para os historiadores. Seus Estados de Bem Estar Social tem alguns elementos de convergência e outros de divergência. Os principais aspectos do caso canadense são: a estrutura federal do país, que limita o poder de Ottawa sobre cada um dos distritos; a grande importância que a imigração teve em sua história e seu sistema econômico; e, finalmente, o fato do Estado de Bem Estar Social ter sido usado ao longo dos tempos como um elemento para favorecer a coesão nacional que de outro modo seria difícil de estabelecer. Por sua vez, a Itália dá menos força aos poderes locais e a instituição da família tem mais importância como um auxílio fundamental da política social. Com diferentes caminhos históricos, os dois países chegaram a resultados parecidos e os dois têm hoje em dia, inclusive neste período difícil, Estados de bem estar social estruturados, que são, em alguns aspectos, modelos para outros países.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-12-31

Como Citar

TROILO, M. THE WELFARE STATE AFTER THE SECOND WORLD WAR: A COMPARISON BETWEEN ITALY AND CANADA (1945-2013). Sæculum – Revista de História, [S. l.], n. 29, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/srh/article/view/19830. Acesso em: 21 jan. 2022.

Edição

Seção

Dossiê História e História Econômica