AMÉRICO BRASILIENSE E SUAS LIÇÕES DE HISTÓRIA PÁTRIA (1876): CONCEPÇÕES DE ENSINO EM UM MANUAL AUTORIZADO PELO INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO BRASILEIRO

Autores

  • Aaron Sena Cerqueira Reis

Resumo

Com este trabalho, pretendo depreender a construção de uma das concepções de ensino de História aceita pelo Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro oitocentista. Nesse sentido, aproprio-me das Lições de História Pátria (1876) de Américo Brasiliense, um manual didático autorizado pelo sodalício mediante pareceres que atestaram a “importância” da obra e a “suficiência literária” do autor, critérios que garantiram o acesso do mesmo ao reduto intelectual. Considerando as Lições como “signo cultural” ou “documento histórico”, empreendo uma análise buscando extrair sua ideia de ensino a partir das “finalidades” e “conteúdos”. Como resultado, percebo a intenção de Brasiliense e, por extensão do próprio IHGB, em disseminar um conjunto de valores capazes de representar a “nacionalidade” brasileira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-12-31

Como Citar

REIS, A. S. C. AMÉRICO BRASILIENSE E SUAS LIÇÕES DE HISTÓRIA PÁTRIA (1876): CONCEPÇÕES DE ENSINO EM UM MANUAL AUTORIZADO PELO INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO BRASILEIRO. Sæculum – Revista de História, [S. l.], n. 29, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/srh/article/view/19832. Acesso em: 19 jan. 2022.