DIOGO ANTÓNIO: NEW CHRISTIAN COMENDADOR BETWEEN NAÇÃO AND KIN IN ROME

  • James W. Nelson Novoa
Palavras-chave: Agente, Cristão Novo, Roma, Nação, Parentesco.

Resumo

Este artigo apresenta o caso de Diogo António, um agente cristão novo, presente em Roma nos primórdios do tribunal da Inquisição em Portugal. Atuava aí como um representante quem podia apresentar as razões dos cristãos novos, perseguidos pelo tribunal em Portugal e trazer as suas apelações a Roma. Ao mesmo tempo dito papel garantia a ele e aos seus parentes uma isenção especial da jurisdição regular do tribunal. As atividades de Diogo António refletem as facetas múltiplos de alguns dos agentes em Roma que se encontravam aí como representantes de cristãos novos acusados perante tribunais em Portugal, da parte da nação no seu conjunto e aí para assegurar que os termos da isenção sejam estendidos as suas famílias.

Biografia do Autor

James W. Nelson Novoa
PhD in Spanish Language and Literature, Universidad de Valencia. Researcher at Cátedra de Estudos Sefarditas ‘Alberto Benveniste’ /CLEPUL, Universidade de Lisboa.
Publicado
2014-06-30
Como Citar
NOVOA, J. W. N. DIOGO ANTÓNIO: NEW CHRISTIAN COMENDADOR BETWEEN NAÇÃO AND KIN IN ROME. Sæculum – Revista de História, n. 30, 30 jun. 2014.
Seção
Dossiê: História e História das Religiões