A INQUISIÇÃO E O INQUISIDOR NO OUTONO DA MODERNIDADE

  • Sonia Siqueira
Palavras-chave: Inquisição, Reconquista, Modernidade.

Resumo

A partir dos pressupostos conceituais da História, o Tempo, a Mudança e o Homem o cerne desta exposição reside no inserir uma instituição portuguesa – o Santo Ofício – em um contexto cultural, o Iluminismo ou Ilustração. No século XVIII a Inquisição percorre um caminho de revisões críticas desaguando nas mudanças possíveis. Incentivos houve, provindos de dimensões maiores político-religiosas e econômico-sociais. Recriada foi a problemática do isolacionismo geográfico e da especificidade da Reconquista. Este artigo contextualiza a figura histórica do inquisidor e a própria inquisição no cenário citado.

Biografia do Autor

Sonia Siqueira
Livre-Docente em História Ibérica pela Universidade de São Paulo. Professora colaboradora do Programa de Pós-Graduação em Ciências das Religiões da Universidade Federal da Paraíba.
Publicado
2014-06-30
Como Citar
SIQUEIRA, S. A INQUISIÇÃO E O INQUISIDOR NO OUTONO DA MODERNIDADE. Sæculum – Revista de História, n. 30, 30 jun. 2014.
Seção
Dossiê: História e História das Religiões