EPISCOPADO BRASILEIRO E DEMOCRACIA DO BRASIL (1977-1989)

Autores

  • João Marcos Leitão Santos
  • Elza Silva Cardoso Soffiatti

Palavras-chave:

Catolicismo, Democracia, CNBB.

Resumo

Este texto é uma leitura sobre a experiência democrática brasileira, conforme propugnada pela Igreja Católica no Brasil. Aqui se procurou identificar sumariamente problemas daquela experiência e a sua relação com o conceito de democracia social, com vistas a estabelecer os limites e avanços na compreensão da Igreja como sujeito religioso e ator político. Assim, procura compreender as dimensões da posição assumida pela Igreja e não um estudo sobre a democracia enquanto teoria política, motivo pelo qual a ideia de democracia é exposta como referente para a análise proposta. O corpus é constituído por quatro documentos publicados pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil-CNBB entre os anos de 1977 e 1989, período que demarca a fase compreendida entre a abertura política do país e a promulgação da sua nova Constituição (1988).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Marcos Leitão Santos

Doutor em História Social pela Universidade de São Paulo. Professor da Unidade Acadêmica de História e Geografia e do Programa de Pós Graduação em História da Universidade Federal de Campina Grande.

Elza Silva Cardoso Soffiatti

Mestre em História pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho e Doutoranda em História pela mesma instituição, no Campus de Franca. Coordenadora de Pós-Graduação do Centro Universitário Claretiano.

Downloads

Publicado

2014-06-30

Como Citar

SANTOS, J. M. L.; SOFFIATTI, E. S. C. EPISCOPADO BRASILEIRO E DEMOCRACIA DO BRASIL (1977-1989). Sæculum – Revista de História, [S. l.], n. 30, 2014. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/srh/article/view/22247. Acesso em: 26 set. 2021.

Edição

Seção

Dossiê: História e História das Religiões