RELIGIÃO: ENTRE A SOCIEDADE E O IMAGINÁRIO

  • Maria Thereza de Queiroz Guimarães Strôngoli
  • Elza Kioko Nakayama Nenoki do Couto
Palavras-chave: Dialética Religiosa, Efeitos de Verdade, Poder do Mito.

Resumo

O texto focaliza várias abordagens teóricas para examinar o desenvolvimento das religiões no cristianismo e destacar suas interações em termos de crenças ou práticas. Recorre, assim, à semiótica do espaço, conforme propõe B. Lamizet; à pragmática linguística, como recomenda P. Charaudeau; à antropologia do imaginário, como indica G. Durand; e à hierofania, como sugere M. Eliade. Em sua conclusão, admite a possibilidade de não ter sido Deus quem criou o homem, ao contrário, foi esse homem que criou seu Deus à sua imagem e semelhança.

Biografia do Autor

Maria Thereza de Queiroz Guimarães Strôngoli
Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo. Professora Titular aposentada do Departamento de Estudos Pós- Graduados em Língua Portuguesa da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.
Elza Kioko Nakayama Nenoki do Couto
Doutora em Língua Portuguesa pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Professora Adjunta e Coordenadora do Núcleo de Pesquisa Ecolinguística e Imaginário no Departamento de Estudos Linguísticos e Literários da Universidade Federal de Goiás.
Publicado
2014-06-30
Como Citar
STRÔNGOLI, M. T. DE Q. G.; COUTO, E. K. N. N. DO. RELIGIÃO: ENTRE A SOCIEDADE E O IMAGINÁRIO. Sæculum – Revista de História, n. 30, 30 jun. 2014.
Seção
Dossiê: História e História das Religiões

Artigos mais lidos do (s) mesmo (s) autor (es)