A POLÍTICA EDUCATIVA DO COLONIALISMO PORTUGUÊS E A DISPUTA DAS MISSÕES CATÓLICAS E PROTESTANTES EM ANGOLA (SÉCULOS XIX-XX)

Autores

  • Giselda Brito Silva Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.2317-6725.2017v36n36.30046

Palavras-chave:

Colonialismo, Política Educativa, Missões

Resumo

Este trabalho pretende discutir algumas práticas educativas e civilizatórias implementadas pelas missões católicas e protestantes em contraposição ao que era determinado pela política educativa do Estado português, particularmente nos espaços rurais e naqueles ainda não ocupados pelos portugueses, ainda que estivessem sob sua concessão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Giselda Brito Silva, Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)

Docente do Curso de Licenciatura em História e do Programa de Pós-Graduação em História Social da Cultura Regional

Downloads

Publicado

2018-03-27

Como Citar

SILVA, G. B. A POLÍTICA EDUCATIVA DO COLONIALISMO PORTUGUÊS E A DISPUTA DAS MISSÕES CATÓLICAS E PROTESTANTES EM ANGOLA (SÉCULOS XIX-XX). Sæculum – Revista de História, [S. l.], v. 36, n. 36, 2018. DOI: 10.22478/ufpb.2317-6725.2017v36n36.30046. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/srh/article/view/30046. Acesso em: 24 jan. 2022.

Edição

Seção

Dossiê