Água salina e nitrogênio no solo na emergência e biomassa de mudas de maracujazeiro amarelo

  • Marlene Alexandrina Ferreira Bezerra Universidade Federal da Paraíba
  • Walter Esfrain Pereira Universidade Federal da Paraíba/Professor
  • Francisco Thiago Coelho Bezerra Universidade Federal da Paraíba/Doutorando
  • Lourival Ferreira Cavalcante Universidade Federal da Paraíba
  • Sherly Aparecida da Silva Medeiros

Resumo

A adubação adequada favorece o equilíbrio nutricional das plantas, tornando-as mais resistentes aos estresses ambientais. Nesse contexto, o objetivo deste experimento foi avaliar o substrato, a emergência de plântulas e a biomassa em mudas de maracujazeiro amarelo sob os efeitos da salinidade da água de irrigação e da adubação nitrogenada. Para a avaliação dos efeitos, foi montado um experimento em esquema fatorial 5 x 3, correspondendo à condutividade elétrica da água de irrigação (0,3; 1,0; 2,0; 3,0 e; 4,0 dS m-1) e a adubação nitrogenada (sem adubação nitrogenada, com ureia e com sulfato de amônio), distribuídos em blocos casualizados. No substrato avaliou-se o pH e a condutividade elétrica do extrato de saturação e nas mudas o índice de velocidade de emergência, percentual de emergência e massa seca da raiz, parte aérea e total. Os dados foram submetidos à análise de variância. Os efeitos quantitativos da condutividade elétrica da água de irrigação foram submetidos à análise de regressão e as médias do nitrogênio comparadas pelo teste de Tukey. A interação entre a condutividade elétrica da água de irrigação e a adubação nitrogenada foi significativa apenas para o acúmulo de biomassa. O acréscimo da salinidade da água eleva a condutividade elétrica do extrato de saturação e reduz o pH do substrato, a emergência e o acúmulo de biomassa em mudas de maracujazeiro amarelo. O nitrogênio atenua os efeitos negativos da condutividade elétrica da água de irrigação sobre o acúmulo de biomassa das mudas entre 0,3 e 1,0 dS m-1.

Biografia do Autor

Marlene Alexandrina Ferreira Bezerra, Universidade Federal da Paraíba
Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo
Walter Esfrain Pereira, Universidade Federal da Paraíba/Professor
Departamento de Ciências Fundamentais e Sociais
Francisco Thiago Coelho Bezerra, Universidade Federal da Paraíba/Doutorando
Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Publicado
2014-12-26
Seção
Artigo Científico