PRODUÇÃO DE MUDAS DE MARACUJAZEIRO AMARELO EM SUBSTRATO COM BIOFERTILIZANTE BOVINO IRRIGADO COM ÁGUAS SALINAS

  • Francisco de Oliveira Mesquita
  • Lourival Ferreira Cavalcante
  • Alex Matheus Rebequi
  • Antonio João de Lima Neto
  • Járisson Cavalcante Nunes
  • José Adeilson Medeiros do Nascimento

Resumo

Um experimento foi conduzido em abrigo telado do Departamento de Solos e Engenharia Rural, Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal da Paraíba, no período de maio a junho de 2008, para avaliar os efeitos do biofertilizante bovino em substrato irrigado com águas salinas sobre o diâmetro da raiz principal e área radicular, produção de massa seca das raízes, da parte aérea e total de mudas de maracujazeiro amarelo. Os tratamentos foram distribuídos em delineamento inteiramente casualizado com três repetições e 12 plantas por parcela, usando arranjo fatorial 5 × 2 × 2 referente aos níveis de salinidade da água de irrigação: 0,5; 1; 2; 3 e 4 dS m-1, no solo sem e com biofertilizante bovino aplicado ao solo na forma líquida, uma única vez, um dia antes da semeadura, ao nível de 10% em volume do volume do substrato e as variáveis obtidas aos 25 e 65 dias após emergência das plântulas. O aumento da salinidade da água de irrigação provocou perdas sobre todas as variáveis avaliadas nas plantas, mas com menor intensidade nos tratamentos com biofertilizante. Palavras chave: Passiflora edulis f. flavicarpa Deg.; insumo orgânico; salinidade
Publicado
2010-11-07
Seção
Artigo Científico