Conhecimento sobre uso de plantas repelentes e inseticidas em duas comunidades rurais do Complexo Vegetacional de Campo Maior, nordeste do Brasil

Autores

  • José Rodrigues de Almeida Neto PRODEMA/UFPI
  • Kelly Polyana Pereira dos Santos PRODEMA/UFPI
  • Mauricio Eduardo Chaves e Silva PRODEMA/UFPI
  • Rodrigo Ferreira de Morais UESPI
  • Eraldo Medeiros Costa Neto UEFS
  • Paulo Roberto Ramalho Silva PRODEMA/UFPI
  • Roseli Farias Melo de Barros PRODEMA/UFPI

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-1268.2017v11n1.34867

Resumo

O estudo situa-se nos campos da Etnobotânica e Etnoentomologia, e teve o intuito de conhecer o domínio cultural de plantas repelentes e inseticidas, bem como verificar o consenso cultural e as formas de uso dessas plantas por moradores de duas comunidades rurais do Complexo Vegetacional de Campo Maior, Nordeste do Brasil. Todas as residências das duas comunidades foram visitas e 30 pessoas foram entrevistadas para a elaboração de uma lista livre. Foram utilizados: índice de saliência de Smith (IS), análise de consenso cultural (CC) e escalonamento multidimensional (MDS). A lista evidenciou que o domínio cultural foi representado por 18 espécies, distribuídas em 14 famílias e o IS apontou cinco rupturas neste conhecimento. Tal domínio é definido pelo critério de uso. A análise do CC permitiu verificar que houve consenso e o MDS correspondente ao agrupamento dos entrevistados, mostrou à formação de dois grupos, um com 29 informantes e outro com apenas um e sobre as plantas, mostrou cinco agrupamentos. O uso de plantas como inimigas naturais de insetos é alternativa viável para a substituição de inseticidas químicos e assim, diminuição dos impactos ambientais no campo, portanto tais conhecimentos devem fazer parte de um resgate cultural do uso dessas plantas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-03-31

Como Citar

ALMEIDA NETO, J. R. de; SANTOS, K. P. P. dos; CHAVES E SILVA, M. E.; MORAIS, R. F. de; COSTA NETO, E. M.; SILVA, P. R. R.; BARROS, R. F. M. de. Conhecimento sobre uso de plantas repelentes e inseticidas em duas comunidades rurais do Complexo Vegetacional de Campo Maior, nordeste do Brasil. Gaia Scientia, [S. l.], v. 11, n. 1, 2017. DOI: 10.22478/ufpb.1981-1268.2017v11n1.34867. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/gaia/article/view/34867. Acesso em: 14 abr. 2024.

Edição

Seção

Ciências Ambientais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>