POR UMA SOCIOLOGIA DA TRADUÇÃO: BALANÇO E PERSPECTIVAS*

  • Johan Heilbron
  • Gisèle Sapiro

Resumo

Afastando-se de uma problemática centrada na relação entre dois textos (o original e o traduzido), este artigo aborda a tradução como importante vetor das trocas culturais internacionais, no seio das quais ela pode assumir diferentes funções, de acordo com as condições de circulação transnacional dos bens culturais. São analisados, sucessivamente, os seguintes aspectos: a estrutura do espaço das trocas culturais internacionais, os tipos de exigências (políticas e econômicas) que pesam sobre tais trocas, os agentes da intermediação, e os processos de importação e de recepção no país de destino. O artigo evidencia o ganho que a perspectiva sociológica representa para a compreensão do fenômeno tradutório3. Palavras-chave: tradução, trocas culturais internacionais, campo literário, espaço editorial
Como Citar
HEILBRON, J.; SAPIRO, G. POR UMA SOCIOLOGIA DA TRADUÇÃO: BALANÇO E PERSPECTIVAS*. Revista Graphos, v. 11, n. 2, 11.