A EXPERIÊNCIA ITALIANA DE CESARE PAVESE: QUESTÕES DE TRADUÇÃO LITERÁRIA E LITERATURA COMPARADA

  • Patricia Peterle

Resumo

Este artigo tem como objetivo discutir a imagem da América construída e perfilada durante o período do regime fascista por alguns tradutores e escritores italianos. Uma relação que une duas áreas: a dos Estudos de Tradução e a da Literatura Comparada. A tradução pode ser vista como um processo de reescritura e nele podem interagir fatores externos como ideologia, cultura e tantos outros. Nesse sentido, a intensa atividade de tradutor de Cesare Pavese dos escritores americanos proporcionou-lhe uma imagem mítica da América, que na realidade pode ser vista como uma antItália. PALAVRAS-CHAVE: Estudos de Tradução, tradução literária, Literatura Comparada, fascismo, Cesare Pavese.
Como Citar
PETERLE, P. A EXPERIÊNCIA ITALIANA DE CESARE PAVESE: QUESTÕES DE TRADUÇÃO LITERÁRIA E LITERATURA COMPARADA. Revista Graphos, v. 11, n. 2, 11.