UMA ABORDAGEM LINGÜÍSTICA DO TEXTO LITERÁRIO TRADUZIDO: ASPECTOS DA CONSTRUÇÃO DO ROMANCE THEY SHOOT HORSES, DON’T THEY? E SUA TRADUÇÃO PARA O PORTUGUÊS, SOB A PERSPECTIVA DA ORGANIZAÇÃO TEMÁTICA

  • Giacomo Figueredo
  • Adriana Pagano

Resumo

RESUMO: Este tabalho apresenta uma análise do romance They shoot horses, don’t they?, de Horace McCoy, e sua tradução para o português, sob a perspectiva da organização temática na ordem da oração e no nível supra-oracional. Com base no arcabouço teórico da lingüística sistêmico-funcional, são examinados os Temas oracionais, e os hiperTemas e macroTemas com vistas a observar a contribuição destes para a construção de significados passíveis de serem correlacionados com o tema do romance e sua afiliação ao gênero literário do chamado romance duro norte-americano. São comparadas as escolhas temátias do texto original e do texto traduzido e tecidas reflexões sobre o impacto dessas escolhas na construção do significado global do romance. PALAVRAS-CHAVE: abordagens discursivas da tradução – lingüística sistêmico-funcional – oraganização temática – romance duro norte-americano.
Como Citar
FIGUEREDO, G.; PAGANO, A. UMA ABORDAGEM LINGÜÍSTICA DO TEXTO LITERÁRIO TRADUZIDO: ASPECTOS DA CONSTRUÇÃO DO ROMANCE THEY SHOOT HORSES, DON’T THEY? E SUA TRADUÇÃO PARA O PORTUGUÊS, SOB A PERSPECTIVA DA ORGANIZAÇÃO TEMÁTICA. Revista Graphos, v. 11, n. 2, 11.