LEITURA LITERÁRIA E ENSINO DE LÍNGUA FRANCESA: FORMAÇÃO DE ALUNOS DO ENSINO MÉDIO DO CAP-UFRJ

  • Larissa de Souza Arruda UFRJ
  • Luiz Carlos Balga Rodrigues UFRJ

Resumo

O terceiro ano do Ensino Médio é considerado um momento de desafios, tanto para docentes quanto para discentes, visto que é o ano de conclusão de um ciclo de vida dos alunos. Para os professores, também existe dificuldade, pois cabe a eles a responsabilidade de mediar ensinamentos, medos, incertezas, frustrações e superações. No caso da disciplina de língua francesa, esse desafio se intensificou quando a maioria das provas de acesso às universidades deixou de prever o idioma como opção de língua estrangeira, gerando desinteresse pelas aulas. Os obstáculos impostos naturalmente pelo terceiro ano e aqueles peculiares à nossa disciplina levaram o Setor de Francês do Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (CAp UFRJ) a refletir sobre estratégias a fim de (re)motivar os alunos. Propusemos para o ano de 2017 três ateliês temáticos (música, literatura e cinema). Neste artigo, objetivamos apresentar o trabalho realizado entre junho e dezembro de 2017 com o grupo de ateliê de literatura, cujos planejamento e execução foram pensados com o intuito de trabalhar com a turma a leitura de textos literários e a criação de poemas a partir das leituras e discussões feitas em sala de aula. Faremos um resumo do histórico do uso do texto literário ao longo das metodologias de ensino de francês e faremos uma defesa da importância do uso da literatura na aula de língua. Por fim, apresentaremos algumas atividades realizadas e produções dos alunos, além de mostrarmos as avaliações feitas pelos alunos dessa experiência pedagógica. Palavras-chave: Língua e literatura. Textos literários. FLE. Metodologias de ensino. Interculturalidade. LITERARY READING AND FRENCH LANGUAGE TEACHING: HIGH SCHOOL STUDENTS’ FORMATION AT CAP-UFRJ Abstract: The third year of high school is considered a challenging moment for teachers and students, since it is the final year of a school cycle for students. Teachers’ difficulties are increased by their responsibility to mediate teachings, fears, uncertainties, frustrations and overcomings. In the case of French as a school subject, these difficulties were intensified when most Brazilian university entrance tests no longer offered French as a foreign language option, resulting in lack of interest in French classes. The obstacles naturally imposed by the third year of high school and those directly related to French led the French Department of Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro, in 2017, to propose three thematic workshops (music, literature and cinema) as a strategy to (re)motivate students. This paper presents this experience, carried out between June and December 2017 with the group from the literature workshop, whose planning and performance were designed to work on literary text reading and poem writing from the readings and classroom discussions. The paper also presents a summary of the history of the use of literary texts to teach French as well as a defense of the use of literature in language lessons. Finally, some of the students’ activities and productions, including their assessments, will be presented. Keywords: Language and literature. Literary texts. FLE. Teaching methodologies. Interculturality.

Biografia do Autor

Larissa de Souza Arruda, UFRJ
Doutoranda e mestre em Estudos Linguísticos / Língua francesa pelo Programa de Pós-Graduação em Letras Neolatinas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Luiz Carlos Balga Rodrigues, UFRJ
Doutor. Professor Associado de Letras Francesas da Faculdade de Letras da UFRJ e do Programa de Pós-Graduação em Letras Neolatinas da UFRJ.
Publicado
2019-07-04