APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS COM NARRATIVAS DIGITAIS: UMA EXPERIÊNCIA NO ENSINO DO INGLÊS PARA FINS ESPECÍFICOS

Autores

  • Ana Sevilla-Pavón Departamento de Filologia Inglesa e Alemã, Universitat de València, Espanha
  • Tania Lucía Maddalena Estudante de doutorado (bolsista da CAPES), Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Palavras-chave:

narrativa digital, inglês para fins específicos, engenharia aeroespacial, TIC, letramentos.

Resumo

Este artigo descreve uma experiência interdisciplinar e internacional de criação de narrativas digitais para a aprendizagem do inglês num contexto de ensino da língua para fins específicos. A colaboração foi feita entre a Faculdade de Educação da Unicamp, Brasil; e o grupo de pesquisa CAMILLE, do Departamento de Linguística Aplicada da Univesitat Politènica de València, Espanha; dentro de um convênio de cooperação científica internacional entre ambos os países, no qual foram desenvolvidos recursos educativos e metodologias para o ensino do inglês e do espanhol. As narrativas digitais podem ser entendidas como os breves filmes resultantes da prática de combinar múltiplos modos de tecnologia, como fotografias, texto, música, narração de voz e clips de vídeo para produzir uma narrativa emotiva e profunda. Os alunos colaboram nas diferentes etapas do projeto de criação das narrativas digitais combinando a antiga arte de contar histórias com a relativamente nova prática de combinar elementos multimodais como imagens, vídeos e efeitos visuais ou sonoros, bem como uma trilha sonora, para criar uma narrativa contada desde uma perspectiva única, profunda, original e pessoal. Essa proposta pedagógica permite promover o trabalho colaborativo e a autoria múltipla, já que o sucesso final do grupo será o resultado dos esforços individuais e colaborativos de cada um dos membros do grupo. Neste projeto, o trabalho interdisciplinar de criação de narrativas digitais foi feito com base em três áreas do conhecimento: a linguagem audiovisual e as TIC, com a aplicação de técnicas audiovisuais para a produção dos vídeos; a engenharia aeroespacial, já que os temas tratados tinham a ver com conteúdos específicos dessa área; e a aprendizagem do inglês para fins específicos. Os principais resultados do trabalho interdisciplinar realizado foram altos níveis de engajamento e de motivação dos estudantes; a aquisição e construção de conhecimentos e habilidades do campo da engenharia aeroespacial através da aprendizagem colaborativa e autônoma; e a prática e desenvolvimento de destrezas e competências digitais e linguísticas, bem como o pensamento crítico e a capacidade de solução de problemas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Sevilla-Pavón, Departamento de Filologia Inglesa e Alemã, Universitat de València, Espanha

Ana Sevilla-Pavón is Assistant Professor at the Faculty of Philology, Translation and Communication of the Universitat de València, Spain. She holds a PhD in Applied Linguistics from the Universitat Politècnica de València. She has participated in a number international conferences and R+D projects, and published several books, book chapters and articles on computer assisted language teaching and testing.

Referências

BRUNER J. Making Stories: Law, Literature, Life. Cambridge, MA: Harvard University Press, 2003.

BRUNER, J. The Culture of Education. Cambridge, MA: Harvard University Press, 1996.

FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

LAMBERT, J. Digital Storytelling: capturing lives, creating community. Berkeley: Digital Diner Press, 2002.

LOWENTHAL, P. R. Online faculty development and storytelling: An unlikely solution to improving teacher quality. MERLOT Journal of Online Learning and Teaching, 4(3), 349-356. Disponível em http://jolt.merlot.org/vol4no3/lowenthal_0908.pdf. Acesso em: 04.03.2014, 2008.

LOWENTHAL, P. R. & DUNLAP, J. C. From pixel on a screen to real person in your students' lives: Establishing social presence using digital storytelling. Internet and Higher Education, n. 13, 70–72, 2010.

Robin, B. R. The Educational Uses of Digital Storytelling. Disponível em: <http://digitalliteracyintheclassroom.pbworks.com/f/Educ-Uses-DS.pdf>. Acesso em: 04.03.2014, 2012.

REX, L. A.; MURNEN, T.; HOBBS, J.; MCEACHEN, D. Teachers' pedagogical stories and the shaping of classroom participation: “The Dancer” and “Graveyard Shift at the 7–11”. American Education Research Journal, n. 39, v. 3, p. 765−796, 2002.

SCHANK, R. C. Tell me a story: Narrative and intelligence. Evanston, IL: Northwestern University Process, 1990.

Serra Cámara, A. & Sevilla Pavón, A. WebQuest introdutória para a criação de narrativas digitais. Disponível em: http://zunal.com/webquest.php?w=165788, 2012.

ZULL, J. The Art of Changing the Brain. Sterling, VA: Stylus Publishing, 2002.

Downloads

Publicado

2015-05-11

Como Citar

SEVILLA-PAVÓN, A.; MADDALENA, T. L. APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS COM NARRATIVAS DIGITAIS: UMA EXPERIÊNCIA NO ENSINO DO INGLÊS PARA FINS ESPECÍFICOS. Revista Lugares de Educação, [S. l.], v. 5, n. 11, p. 255–267, 2015. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/rle/article/view/24141. Acesso em: 21 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos - Letras e Linguística