NAS TRAMAS DO CINEMA: SENSIBILIDADES CORPORAIS E TECNOLOGIAS DIGITAIS NA RELAÇÃO ENSINO-APRENDIZAGEM EM HISTÓRIA

ATTHE MOVIE PLOTS: BODY SENSIBILITIES AND DIGITAL TECHNOLOGIES IN THE TEACHING LEARNING RELATIONSHIP IN HISTORY

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.2359-7003.2019v28n3.48543

Palavras-chave:

Corpo, Tecnologias Digitais, Ensino-aprendizagem

Resumo

Pensar a relação ensino-aprendizagem em História é observar um universo de múltiplas possibilidades. Neste caminho, junto a turma de 9° ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal de Ensino Fundamental Iran Coelho Dantas, localizada no munícipio de Nova Palmeira – PB, o leque de possibilidades se abriu. Tendo como objetivo pensar as sensibilidades corporais e as tecnologias digitais na relação ensino-aprendizagem em História, a partir de tramas cinematográficas, este trabalho fora sendo esculpido. Metodologicamente, trabalhamos com análise de pesquisa qualitativa. A partir de debates em sala de aula e questionários aplicados, colhemos experiências enriquecedoras que refletidas trazem contribuições ao campo educacional. Na construção das análises do material produzido, recorremos a discussões sobre corpo, sensibilidades, tecnologias digitais, educação, cultura, ensino de História, relação entre cinema e História. Ao desenharmos e colorirmos este trabalho, observamos que as reflexões elencadas são postas de maneira a inspirar novas práticas docentes e promover relações de ensino-aprendizagem em que os alunos se coloquem como personagens principais, protagonistas da sua História no âmbito da educação escolar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Janielly Souza dos Santos, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG

Possui graduação em História pela Universidade Estadual da Paraíba (2007), Especialização em História do Brasil/Paraíba pelas Faculdades Integradas de Patos (2009), Mestrado em História pela Universidade Federal de Campina Grande (2012). Pesquisa temas ligados a História Local, Ensino de História, Identidades, Memória, Sociabilidades, Sensibilidades, Casamento, Família, Gênero, Corpo.

Márcio Romeu Ribas de Oliveira, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Doutor em Educação ProPEd/UERJ. Professor Adjunto no Departamento de Educação Física do Centro de Ciências da Saúde na Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Participa dos seguintes grupos de pesquisa: Grupo de Estudos em Corpo e Cultura de Movimento (GEPEC/UFRN), do Laboratório de Estudos em Educação Física, Esporte e Mídia (LEFEM/UFRN), Laboratório e Observatório da Mídia Esportiva (LaboMídia/UFSC), Grupo de Pesquisas Transdisciplinar em Comunicação e Cultura (Marginália) e do Grupo de Estudos em Ludomotricidade (GEL/UFRN).

Referências

BOGDAN, Robert C.; BIKLEN, Sari Knopp. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Tradução de Maria João Alvarez, Sara Bahia dos Santos e Telmo Mourinho Baptista. Porto-Portugal: Porto, 2013 (Coleção Ciência da Educação).

CAMPELO, Cleide Riva. Cal(e)idoscorpos: Um estudo semiótico do corpo e seus códigos. São Paulo: ANNABLUME, 1996.

DIWAN, Pietra. Corpo. In: PINSY, Carla Bassanezi. Novos temas nas aulas de História. São Paulo: Contexto, 2010.

FANTIN, Mônica. Mídia-Educação e Cinema na Escola. In: Revista Teias. Rio de Janeiro, ano 8, nº 15-16, jan/dez 2007. p. 1-13.

FERRARI, Rodrigo Duarte. Ensinar-aprender cinema: através da percepção e cognição incorporadas. 2015. 202 f. Trabalho de conclusão de curso (Tese) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, Florianópolis, SC, 2015.

FERRO, Marc. Cinema e História. 2.ed. São Paulo: Paz e Terra, 2010.

MARTÍN-BARBERO, Jesús. A comunicação na educação. São Paulo: Contexto, 2014.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Fenomenologia da percepção. 2.ed. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

NAPOLITANO, Marcos. Como usar o cinema na sala de aula. São Paulo: Contexto, 2015.

PALFREY, Jonh; GASSER, Urs. Nascidos na era digital: entendendo a primeira geração de nativos digitais. Porto Alegre: Grupo A, 2011.

PESAVENTO, Sandra Jatahy. Sensibilidades no tempo, tempo das sensibilidades. In: Nuevo Mundo Mundos Nuevos [En ligne], Colloques, mis en ligne le 04 février 2005, Consultado em 30 de julho de 2019. Disponível em http://journals.openedition.org/nuevomundo/229.

PRESNKY, Marc. Nativos digitais, imigrantes digitais. 2001. Consultado em 28 de agosto de 2019. Disponível em http://www.colegiongeracao.com.br/novageracao/2_intencoes/nativos.pdf

SILVA, Mozart Linhares da. A urgência do tempo: novas tecnologias e educação contemporânea. In: _____ (org.) Novas Tecnologias: educação e sociedade na era da informática. Belo horizonte: Autêntica, 2001.

WOODWARD, Kathryn. Identidade e diferença: uma introdução teórica e conceitual. In: SILVA, Tomaz Tadeu da (org.). Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. 15. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.

Downloads

Publicado

2019-12-12

Como Citar

SOUZA DOS SANTOS, J.; OLIVEIRA, M. R. R. de. NAS TRAMAS DO CINEMA: SENSIBILIDADES CORPORAIS E TECNOLOGIAS DIGITAIS NA RELAÇÃO ENSINO-APRENDIZAGEM EM HISTÓRIA: ATTHE MOVIE PLOTS: BODY SENSIBILITIES AND DIGITAL TECHNOLOGIES IN THE TEACHING LEARNING RELATIONSHIP IN HISTORY. Revista Temas em Educação, [S. l.], v. 28, n. 3, 2019. DOI: 10.22478/ufpb.2359-7003.2019v28n3.48543. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/rteo/article/view/48543. Acesso em: 17 set. 2021.

Edição

Seção

DOSSIÊ TEMÁTICO - CORPO, EDUCAÇÃO E TECNOLOGIAS DIGITAIS