OS CUIDADOS COM A SAÚDE E A CARIDADE: A CONSTRUÇÃO E O COTIDIANO DO HOSPITAL PEDRO II NA CIDADE DO RECIFE DURANTE A SEGUNDA METADE DO SÉCULO XIX

Autores

  • Carlos Alberto Cunha Miranda

Resumo

No Brasil colonial, as Casas de Misericórdia gozavam de grande prestígio, não só perante a hierarquia da Igreja como também ante as autoridades portuguesas. Em fins do século XVIII, já estavam endividadas e reduzidas a um estado de penúria, em virtude dos constantes decréscimos em suas rendas. Regidas pelo compromisso de Lisboa, as Misericórdias de Olinda e Recife, além de prestarem assistência hospitalar aos civis e militares enfermos, realizavam outras atividades de caráter filantrópico..

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-06-30

Como Citar

MIRANDA, C. A. C. OS CUIDADOS COM A SAÚDE E A CARIDADE: A CONSTRUÇÃO E O COTIDIANO DO HOSPITAL PEDRO II NA CIDADE DO RECIFE DURANTE A SEGUNDA METADE DO SÉCULO XIX. Sæculum – Revista de História, [S. l.], n. 28, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/srh/article/view/18206. Acesso em: 19 jan. 2022.