A PROVÍNCIA DA PARAHYBA DO NORTE. “A INSTRUCÇÃO ILLUMINA O ESPIRITO”: INSTRUIR PARA CIVILIZAR (1849 – 1889).

Autores

  • Lays Regina Batista Universidade Federal da Paraíba
  • Mauricéia Ananias Universidade Federal da Paraíba

Resumo

O texto apresentou aspectos abordados em uma pesquisa cujo objetivo foi de analisar a escolarização da população pobre da Província da Parahyba do Norte, entre os anos de 1849 e 1889, como parte do processo de institucionalização da instrução pública primária. Os referenciais teóricos e metodológicos utilizados para construir a narrativa buscaram apreender, nos discursos dos presidentes da Província e do diretor geral da instrução, os debates que percebiam a criação e a uniformidade das aulas de primeiras letras como um alimento intelectual que formaria e diminuiria a violência e a ociosidade. Concluímos que a defesa da instrução primária perpassa o ideal de civilização de uma parte da população.

 

Palavras-chave: Instrução. Civilização. Província da Parahyba do Norte.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lays Regina Batista, Universidade Federal da Paraíba

Atualmente mestranda no Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal da Paraíba, na linha de História da Educação.

Mauricéia Ananias, Universidade Federal da Paraíba

Atualmente é professora Associada do Centro de Educação no Departamento de Habilitações Pedagógicas e membro do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal da Paraíba.

Referências

ANANIAS, Mauricéia. As escolas para o povo em Campinas: 1860-1889: Origens, ideário e contexto. 2000. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação, Campinas (SP), 2000.

BARROS, Surya. A. Pombo de, SANTOS, Lays Regina B. de M. M. dos. Estado da Arte da produção sobre História da Educação: o negro como sujeito na História da Educação Brasileira. In: IX SEMINÁRIO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS “HISTÓRIA, SOCIEDADE E EDUCAÇÃO NO BRASIL, Anais... João Pessoa: UFPB, 2012.

COSTA, Ana Luiza Jesus da. O educar-se das classes populares oitocentistas no Rio de Janeiro entre a escolarização e a experiência. 2012. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.

BERTUCCI, Liane Maria; FARIA FILHO, Luciano Mendes de; OLIVEIRA, Marcus Aurelio Taborda de. Edward P. Thompson: história e formação. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2010.

JINZENJI, Mônica Yumi. A escolarização da infância pobre nos discursos educacionais em Minas Gerais (1825-1846). 2002. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Educação da UFMG, Belo Horizonte, 2002.

MIRANDA, Itacyara Viana. Instrução, disciplina e civilização: uma perspectiva de leitura acerca das aulas públicas e particulares na Parahyba do Norte (1860-1889). 2012. Dissertação (Mestrado em História) – Programa de Pós-Graduação em História da UFPB, João Pessoa, 2012.

PARAHYBA DO NORTE. Província. Exposição com que o Exm. Sr. Sinval Odorico de Moura, passou a administração da Província da Parahyba do Norte ao Exm. Sr. Dr. Felisardo Toscano de Brito, em 29 de Julho de 1865. Disponível em: <http://www.crl.edu/brazil>. Acesso em: 20 abr. 2014.

______. Relatório apresentado á Assembléa Legislativa Provincial da Parahyba do Norte pelo 1.o vice-presidente, exm. sr. dr. Felisardo Toscano de Brito, em 3 de agosto de 1866. Parahyba, Typ. Liberal Parahybana, 1866. Disponível em: <http://www.crl.edu/brazil>. Acesso em: 20 abr. 2014.

______. Relatório com que o Exm. Sr. Presidente, Dr. Americo Brasiliense de Almeida e Mello, passou a adiministração da Província da Parahyba do Norte ao Exm. Sr. Barão de Marau, 2º Vice-presidente, em 22 de Abril de 1867. Disponível em: <http://www.crl.edu/brazil>. Acesso em: 20 abr. 2014.

VEIGA, Cynthia Greive. A escolarização como projeto de civilização. Revista Brasileira de Educação, São Paulo, v. 21, p. 90-103, 2002.

_______. Escola pública para os negros e os pobres no Brasil: uma invenção imperial. Revista Brasileira de Educação. São Paulo, v. 13, n. 39, 2008.

THOMPSON, Edward Palmer. A miséria da teoria ou um planetário de erros: uma crítica ao pensamento de Althusser. Tradução Waltensir Dutra. Rio de Janeiro: Zahar, 1981.

_______, Edward. Palmer. As peculiaridades dos ingleses e outros artigos. NEGRO, Antônio L.; SILVA, Sérgio (Org.). Campinas: Editora da Unicamp, 2001.

Downloads

Publicado

2015-05-05

Como Citar

BATISTA, L. R.; ANANIAS, M. A PROVÍNCIA DA PARAHYBA DO NORTE. “A INSTRUCÇÃO ILLUMINA O ESPIRITO”: INSTRUIR PARA CIVILIZAR (1849 – 1889). Revista Temas em Educação, [S. l.], v. 24, n. 1, p. 114–123, 2015. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/rteo/article/view/24099. Acesso em: 28 set. 2021.

Edição

Seção

RELATOS DE PESQUISA