ASPECTOS SOCIAIS E HISTÓRICOS DA INFANCIA E POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO INFÂNTIL NO BRASIL

Autores

  • João Guilherme Barreto Prandini Ricieri Anhanguera
  • Mateus Mioto dos Santos UNIOESTE

Resumo

Este trabalho intenta recuperar, de forma geral, aspectos sociais e históricos da infância –e, consequentemente, de sua educação e instrução –no Brasil, logo, recorrer à escrita de Passetti (2000), em que se encontra o esboço de “um quadro histórico brasileiro dos meados do Século XIX”. Ressaltar e alertar sobre a heterogeneidade de hábitos e costumes das crianças negras, brancas, indígenas e mestiças, no Brasil, agrega valores ao trabalho, estipula seus limites, reúne e atrela a história e as políticas àconstrução e à consolidação de um conceito de infância, bem como influencia as tendências europeias no que tange à infância brasileira. Essa é uma tarefa árdua, para não dizer hercúlea ou homérica.

Palavras-chave: Educação. Infância. Pedagogia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARIES, Philippe. História social da criança e da família. Trad. Dora Flaksman. Rio de Janeiro: Guanabara, 1981.

CUNHA, Luiz Antônio. O ensino de ofícios artesanais e manufatureiros no Brasil. São Paulo/ Brasília: Unesp/Flacso, 2000.

KRAMER, Sonia. A política do pré-escolar no Brasil. Petrópolis, RJ: Cortez, 1997

KUHLMANN JR, Mouyses (org). Os intelectuais na história da infância. Petrópolis, RJ: Cortez, 2002.

PASSETTI, Edson. As crianças brasileiras: um pouco de sua história.

PIAGET, Jean. Para onde vai a educação? Rio de Janeiro, J. Olympio, 1973.

PILETTI, Claudino. PILETTI, Nelson. Filosofia e história da educação. São Paulo: Cortez, 2008.

SARAT, Magda. Formação profissional e educação infantil: uma história de contraste. Guairacá, 17, 135-158, 2001.

Downloads

Publicado

2017-01-06

Como Citar

RICIERI, J. G. B. P.; SANTOS, M. M. dos. ASPECTOS SOCIAIS E HISTÓRICOS DA INFANCIA E POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO INFÂNTIL NO BRASIL. Revista Temas em Educação, [S. l.], v. 25, n. 1, p. 174–183, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/rteo/article/view/24567. Acesso em: 21 jan. 2022.

Edição

Seção

PONTOS DE VISTAS/NOTAS/COMENTÁRIOS