PEDAGOGIA DA CORPOREIDADE E SUAS ECOLOGIAS DO ENSINAR: Notações para o trabalho docente

Autores

  • Pierre Normando GOMES-DA-SILVA Universidade Federal da Paraíba Centro de Ciências da Saúde Departamento de Educação Física

Resumo

Este artigo discute a categoria analítica Ecologias do Ensinar, pertencente ao Diagrama Programático da Pedagogia da Corporeidade, que toma a situação de movimento, especialmente o jogo, como pivô educativo na formação do Ser Brincante. Trata-se de um ensaio teórico-metodológico sobre os modos de proceder no ensino da educação física, a partir dos conceitos de Ecologia Pessoal, Ecologia Social e Ecologia Ambiental. As orientações e procedimentos delineados nessas ecologias decorrem do resultado de pesquisas na educação.

Palavras-chave: Corporeidade. Ensino. Procedimentos pedagógicos. Ecologia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pierre Normando GOMES-DA-SILVA, Universidade Federal da Paraíba Centro de Ciências da Saúde Departamento de Educação Física

Prof. no Departamento de Educação Física; Doutor em educação

Referências

ANTÉRIO, D.; GOMES-DA-SILVA, P.N. Corpo comunicativo: analisando a comunicação corporal por meio da exploração espacial do educador. Rev. Motrivivência, v.25, n.61, p. 206-222, 2013a.

¬____. Corpo comunicativo: analisando a comunicação corporal por meio da gestualidade do educador. Vivência: Rev. de Antrop, v.1, n.40, p.183-198, 2012.

ANDRADE, F.C.B et.al. Instituir para ensinar e aprender: introdução à pedagogia institucional. João Pessoa: Ed. Univ. UFPB, 2009.

ALVES, R. Por uma educação romântica. Campinas: Papirus, 2002.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. 21. ed. Lisboa: edições 70, 2007.

BASTOS, J.P; MARTINY, L.; GOMES-DA-SILVA, P.N. Diários de aula no estágio supervisionado: análise da aplicação dos projetos pedagógicos da educação física. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte. v.11, n.1, p. 31-43, 2012.

BEZERRA, B.B; RESENDE, J.; ROCHA, D.F.L; GOMES-DA-SILVA, P.N. 10 anos de estágio supervisionado no curso de educação física na Universidade Federal da Paraíba. Coleção Pesquisa em Educação Física. v. 11, n.1, 2012, p.7-16.

CASTRO, L.S. As relações entre os espaços de aula da educação física e a construção das aulas: uma análise proxêmica da corporeidade. 2010 98fl. (Monografia) Curso de Licenciatura em Educação Física. 2010.

CHEIK, N.C. et.al. Efeitos do exercício físico e da atividade física na depressão e ansiedade em indivíduos idosos. Rev. Bras. Cien e Mov., v.11, n.3, p.45-52, 2003.

COLETIVO DE AUTORES. Metodologia do ensino da Educação Física. SP: Cortez, 1992.

COSTA, S.B; GOMES-DA-SILVA, P.N; SCHULZE, G.B. A linguagem expressiva do andar humano. In: CATTUZZO, M.T; CAMINHA, I. O. (Org.). Fazer e pensar ciência em educação física. João Pessoa: Ed. Univ. UFP, 2012, p. 219-238.

FERREIRA, M.S; RIGHI, C.A. Análise ergonômica do trabalho. Porto Alegre: Ed. PUCRS, 2009

FLORÊNCIO, S.; SILVA, S.J; GOMES-DA-SILVA, P.N. A prática educativa dos professores do departamento de educação física da UFPB. Lecturas Educación Física y Deportes (Buenos Aires). v.17. n. 178, p.1-8, 2013.

FREIRE, J.B.; SCAGLIA, A.J. Educação como prática corporal. SP: Scipione, 2003

FRÖEBEL , F. A educação do homem. Passo Fundo: UPF, 2001.

GALLAHUE, D.; OZMUN, J. Compreendendo o desenvolvimento motor. SP: Phorte, 2003.

GAUTHIER, C. Et. Al. Por uma teoria da pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. Ijui: UNIJUI, 1998

¬¬____; TARDIF, M. A Pedagogia: Teorias e práticas da antiguidade aos nossos dias. RJ: Vozes, 2011.

GARGANTA, J. O treino da tática e da técnica nos jogos desportivos à luz do compromisso cognição-ação. In: BARBANTI, V.J. et al. (Org.). Esporte e atividade física: interação entre rendimento e saúde. SP: Manole, 2002. p. 281-308.

GIBSON, J. The ecological approach to visual perception. Boston: Houghton Mifflin, 1979.

GOMES-DA-SILVA, P.N. Jogo, cultura e pulsão: uma semiótica dos brinquedos e dos brincantes. In: VITA, I.B.; ANDRADE; F.C.B. (Orgs.). (Des) fiando a trama: a psicanálise nas teias da educação. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2005. p. 77-96.

____; CAVALCANTI; K.; HILDEBRANDT, R. A poética dos gestos dos jogadores. Rev. Bras. Ciências do Esporte. v.27, n.2, 2006, p., 105-120.

____. A brincadeira de dar susto e o jogo da convivência. In: CAMINHA, I. (Org.). Aprender a conviver. João Pessoa: Ed. UFPB, 2007, p. 65-86.

____. et. al., Estágio supervisionado em educação física. In: JEZINE, E. (Org.). Desafios pedagógicos. João Pessoa: Ed. UFPB, 2009. p. 85-102.

____. O jogo da cultura e a cultura do jogo: por uma semiótica da corporeidade. João Pessoa: Ed. UFPB, 2011.

____. A potência educativa do jogo da bola de gude. In: CAMINHA, I. (Org.). Inconsciente e educação. Curitiba: CRV, 2012a. p. 105-134.

____. Cultura corporal burguesa: história e sistematizações pedagógicas. João Pessoa: Ed. Univ. UFPB, 2012b.

____. A corporeidade do movimento: por uma analítica existencial das práticas corporais. In: HERMIDA, J.F.; ZOBOLI, F. (Org.). Corporeidade e educação. João Pessoa: Ed. Univ. UFPB, 2012c. p.139-173.

____. (Org.). Oficina de brinquedos e brincadeiras. Petrópolis: vozes, 2013.

____. Pedagogia da corporeidade: o decifrar e o subjetivar na educação. Rev. Tempos e espaços em educação. v.7, n.13, maio/agosto, 2014a, p. 15-30.

____; BETTI, M.; GOMES-DA-SILVA, E. Semiótica. Verbete.. In: GONZÁLES, F.J; FENSTEREIFER, P.E. (Orgs.). Dicionário crítico de Educação Física. 3.ed. Ijuí: Unijuí, 2014b. p. 603-607.

____. Pedagogia da corporeidade e seu epicentro didático. Rev. Bras. de Educ. Física Esc. REBESCOLAR, v.1, n.1, 2015, p. 136-166.

GUATTARI, F. Três ecologias. 21. ed., Campinas: Papiros, 2011.

GRECO, P.J.; BENDA, R.N. Iniciação esportiva I: da aprendizagem motora ao treinamento técnico. Belo Horizonte: UFMG, 1998.

HILDEBRANDT, R.; LANGING, R. Concepções abertas no ensino da Educação Física. RJ: Livro Técnico, 1986.

HUIZINGA, Johan. Homo Ludens. 4. ed. SP: Perspectiva, 1996.

LE BOULCH, Jean. O corpo na escola no século XXI: práticas corporais. SP: Phorte, 2008.

MANOEL, E.R.; GARCIA DA SILVA, H.H; GARCIA DA SILVA, I. Espécies de anophesles em municípios com risco de autoctoria de malária no estado de Goiás. Revista patológica tropical. v.39, n.2, abr-jun, p. 137-144, 2010.

MATURANA, H.; VERDEN-ZOLLER, G. Amar e brincar: fundamentos perdidos do humano. SP: Palas Athenas, 2004.

MARTINY, L.E.; GOMES-DA-SILVA, P.N. 'O que eu transformaria? Muita coisa': os saberes e os não saberes docentes presentes nas práticas de ensino/estagio supervisionado em educação física. Revista da Educação Física. v. 22; n. 4, p.5 69-5812011.

MERLEAU-PONTY, M. Fenomenologia da Percepção. SP: Martins Fontes, 1994.

OLIVEIRA, D.M.; GOMES-DA-SILVA, P.N. O brincar do bebê: notas winnicottianas para uma prática pedagógica criativa. In: HERMIDA, J.F.; BARRETO, S.J. Educação infantil: temas em debate. JP: Ed. UFPB, 2013, p.75-98

ONOFRE, Marcos Soares. Prioridades de formação didática em educação física. Revista Sociedade Portuguesa Boletim de Educação Física, n. 12, p. 75-97, inv.-prim. 1995.

PARLEBAS, Pierre. Juegos, deportes y sociedade: léxico de praxiologia motriz. Barcelona: Paidotribo, 2001.

PIAGET, J. A formação do símbolo na criança. 3. ed. RJ: Zahar, 1978.

SÁ, S.; ANDRADE, A.I. "Aprender a respeitar o outro e o planeta": potencialidades da educação para o desenvolvimento sustentável nos primeiros anos de escolaridade. Rev. Iberoam. Cienc. Tecnol. Soc. v. 4 n.11 Ciudad Autónoma de Buenos Aires, p.115-1382008.

SILVA, G.M.O; SOUZA, F.C; MELO, J.L.A.; GOMES-DA-SILVA, P.N. O jogo na escola: uma análise da intenção pedagógica de professores de educação física. Conexões (Campinas). v.10; n. 2, p.145-164, 2012.

SOUSA CRUZ, R.W; SOARES; L.E.S; ARRUDA; E.P; GOMES-DA-SILVA, P. N. A sistematização do handebol e as contribuições da praxiologia motriz nas aulas de educação física escolar. Coleção Pesquisa em Educação Física. v. 11; n. 1, p. 53-60, 2012.

VARELA, F.; THOMPSON, E.; ROSCH, E. A mente corpórea: ciência cognitiva e experiência humana. Lisboa: Instituto Piaget, 2001.

VIGOTSKI, L.S. A formação social da mente. SP: Martins Fontes, 1996

WALLON, H. As origens do caráter na criança. SP: Nova Alexandria, 1995

WINNICOTT, D.W. Brincar e a realidade. RJ: Imago, 1975

ZABALA, A. A prática educativa: como ensinar. Porto Alegre: Artmed, 1998.

Downloads

Publicado

2016-12-22

Como Citar

GOMES-DA-SILVA, P. N. PEDAGOGIA DA CORPOREIDADE E SUAS ECOLOGIAS DO ENSINAR: Notações para o trabalho docente. Revista Temas em Educação, [S. l.], v. 25, p. 125–157, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/rteo/article/view/25303. Acesso em: 28 set. 2021.