ABORDAGEM EPISTEMOLÓGICA DOS SABERES DA EXPERIÊNCIA DOCENTE NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

Autores

  • Alexandre Alves da Silva Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - Uesb
  • Edinaldo Medeiros Carmo Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Resumo

O presente texto busca apresentar reflexões a respeito da nossa pesquisa em andamento, no Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Tal estudo tem como proposta refletir sobre os saberes docentes, partindo das pesquisas de teóricos como Gauthier et. al (2013) e Tardif (2010), especificando os saberes experienciais, por compreender estes como os saberes desenvolvidos pelos professores no exercício de suas profissões. Os sujeitos da presente pesquisa são professores que atuam nos anos iniciais do Ensino Fundamental na modalidade da Educação de Jovens e Adultos. Pensar em saberes da experiência remete a tecer reflexões a respeito destes professores como profissionais que ponderam e refletem sobre suas ações voltadas ao exercício da docência e, através de suas práticas, elencam saberes, habilidades, estratégias e macetes direcionados para ensino do público jovem e adulto. Com base nas pesquisas de autores como Tardif, entendemos que os saberes provenientes da experiência docente são, também, temporais, construídos ao longo da história de vida e da formação profissional destes sujeitos, entendendo que tanto a identidade profissional quanto suas práticas se constituem ao longo da experiência do ato de ensinar. Concluímos o presente texto contextualizando os saberes experienciais no campo da Educação de Jovens e Adultos, considerando a importância da apropriação de saberes desenvolvidos por meio das práticas do docente desta modalidade como fenômeno voltado à formação intelectual e humana dos sujeitos.

Palavras-chave: Educação de Jovens e Adultos. Saberes docentes. Saberes experienciais. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandre Alves da Silva, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - Uesb

Graduado em Pedagogia pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Mestrando pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, na linha Currículo e Práticas Educacionais. Agência financiadora: Fapesb.

Edinaldo Medeiros Carmo, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Doutor em Educação pela Universidade Federal Fluminense. Professor do Departamento de Ciências Naturais da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

Referências

BRASIL. Conselho Nacional de Educação (CNE). Câmara de Educação Básica (CEB). Parecer n.º11, 7 de junho de 2000. Diretrizes Curriculares para Educação de Jovens e Adultos. Brasília, 2000.

CHARLOT, B. Da relação com o saber: elementos para uma teoria. Porto Alegre: Artmed, 2000.

CUNHA JUNIOR, A. S. Saberes experienciais como ponto de partida para formação de professores da Educação de Jovens e Adultos. Saberes em perspectiva. Jequié. v. 3, n. 5, p. 47-56, 2013.

FIORENTINI, D.; SOUZA, J. A. J.; MELO, G. F. A. Saberes docentes: um desafio para os acadêmicos e práticos. In: GERALDI, C. M. J.; FIORENTINI, D.; PEREIRA E. M. A. (Orgs). Cartografias do trabalho docente: professor(a)-pesquisador(a). Campinas, SP: Mercado das Letras, 1998.

GAUTHIER, C. et al. Por uma teoria da pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. 3. ed. Ijuí: Editora Unijuí, 2013.

SANTOS, J. J. R. Saberes necessários para a docência na Educação de Jovens e Adultos. 183 f. Tese (Doutorado). Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Natal, 2011.

TARDIF, M.; LESSARD, C.; LAHAYE, L. Os professores face ao saber: esboço de uma problemática do saber docente. Teoria e Educação, Porto Alegre, n. 14, p. 215-233, 1991.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. 7. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2010.

Downloads

Publicado

2017-06-30

Como Citar

DA SILVA, A. A.; CARMO, E. M. ABORDAGEM EPISTEMOLÓGICA DOS SABERES DA EXPERIÊNCIA DOCENTE NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS. Revista Temas em Educação, [S. l.], v. 25, n. 2, p. 107–117, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/rteo/article/view/25932. Acesso em: 28 jan. 2022.

Edição

Seção

RELATOS DE PESQUISA