OFENSIVA CONSERVADORA E EDUCAÇÃO NO URUGUAI

CONSERVATIVE OFFENSIVE AND EDUCATION IN URUGUAY

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.2359-7003.2021v30n1.55757

Palavras-chave:

Educação, Conservadorismo, Pós-política, Pós-ideologia

Resumo

Este artigo aborda alguns aspectos da ofensiva conservadora em curso na educação uruguaia por meio da análise de dois tipos de fenômenos: a) um conjunto de mudanças promovidas na legislação educacional durante o ano de 2020; b) o uso que as autoridades governamentais têm desenvolvido do princípio do laicismo. Partindo de um quadro conceitual sensível aos processos de construção discursiva que disputam sentidos hegemônicos no plano social, o artigo atenta para as manifestações pós-políticas e pós-ideológicas que caracterizam a ofensiva conservadora. Do ponto de vista metodológico, o trabalho é feito com fontes documentais (atos parlamentares, textos legais, resoluções de autoridades educacionais e expressões de atores-chave). O artigo como um todo visa fornecer elementos para a compreensão dos efeitos que a implantação de um discurso conservador tem produzido no caso uruguaio, a fim de mostrar suas particularidades em um quadro de implantação do conservadurismo em nível global.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pablo Martinis, Universidad de la República, Uruguay

Doutor em Ciências Sociais pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Argentina). Professor do Instituto de Educação da Faculdade de Ciências Humanas e da Educação (Universidade da República, Uruguai).

Gabriela Rodríguez Bissio, Universidad de la República, Uruguay

Mestre em Políticas Públicas e Políticas Públicas e Formação Humana pelo Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas e Formação Humana da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Professor do Instituto de Educação da Faculdade de Ciências Humanas e da Educação da Universidade da República.

Referências

Universidad de la República, Uruguay.

Publicado

2020-12-02

Como Citar

MARTINIS, P.; RODRÍGUEZ BISSIO, G. OFENSIVA CONSERVADORA E EDUCAÇÃO NO URUGUAI: CONSERVATIVE OFFENSIVE AND EDUCATION IN URUGUAY. Revista Temas em Educação, [S. l.], v. 29, n. 3, 2020. DOI: 10.22478/ufpb.2359-7003.2021v30n1.55757. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/rteo/article/view/55757. Acesso em: 24 set. 2021.

Edição

Seção

Dossiê: Restaurações conservadoras no campo educacional na América Latina