Controle e normatização com vistas à excelência da organização escolar no Rio Grande do Sul (1937-1945)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.2359-7003.2024v33n1.66685

Palavras-chave:

História da Educação, Nacionalização do ensino, Reforma educacional., Rio Grande do Sul

Resumo

No Rio Grande do Sul, o processo de nacionalização do ensino abriu um campo de possibilidades para a atuação do Estado no âmbito educacional. Neste texto, apresenta-se um estudo bibliográfico, documental e descritivo, que tem como objetivo demonstrar como o governo estadual se reaparelhou, com vistas à instituir uma nova racionalidade administrativa, marcada pelo controle e pela normatização. Conclui-se, que o processo de reorganização e reaparelhamento Estado, no âmbito educacional, que até então dispunha de uma pequena estrutura administrativa, restringia-se a poucos atos legislativos e a algumas iniciativas de aperfeiçoamento do magistério, engendrou as condições de emergência da reforma e da modernização educacional, a partir da qual o Estado proporcionou uma orientação e, sobretudo, uma direção político-pedagógica para a educação, no âmbito da qual se destacam a ampliação de sua estrutura administrativa, a implantação de novas formas de gestão da educação, mediante extensa e minuciosa normatização e burocratização, bem como uma forte vontade disciplinante.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Claudemir de Quadros, Universidade Federal de Santa Maria

Claudemir de Quadros é licenciado em História, com mestrado e doutorado em Educação. É professor na Universidade Federal de Santa Maria/RS e atua em cursos de formação de professores e no Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica. É editor da Regae - Revista de Gestão e Avaliação Educacional - https://periodicos.ufsm.br/regae/index - e coordenador do Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos da UFSM.

Referências

CABRAL, Ruth. Rememorando. Revista Psico. Porto Alegre: PUCRS, v. 16, p. 40-45, 1988.

CAMARGO, Aspásia; DE GOES, Walder. Meio século de combate: diálogos com Cordeiro de Farias. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1981.

CORREIO DO POVO. A atividade da Secretaria de Educação e Saúde Pública. Porto Alegre, 3 fev. 1938, p. 10.

CORREIO DO POVO. As construções escolares no Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 18 abr. 1945, p. 3.

CORREIO DO POVO. Construções e programas escolares. Porto Alegre, 1º mar. 1938, p. 5.

FERNANDES, Alda M. Relatório de atividades: orientadora de educação elementar. 4 mai. 1941.

GAYER, Olga Acauan. Documento manuscrito. 1941.

KREMER, Alda Cardozo. Panorama da educação. In: KREMER, Alda Cardozo et al. Rio Grande do Sul terra e povo. 2. ed. Porto Alegre: Globo, 1969, p. 259-283.

KUNZ, Eloah Brodt Ribeiro. Entrevista a Claudemir de Quadros. Porto Alegre, 21 nov. 2005.

LOURENÇO FILHO, Manuel Bergström. Prefácio. In: MEC/Inep. A administração dos serviços de educação. Boletim n. 12. Rio de Janeiro: MEC/Inep, 1941.

MEC/INEP. A administração dos serviços de educação. Boletim n. 12. Rio de Janeiro: MEC/Inep, 1941.

POPKEWITZ, Thomas S. Reforma educacional: uma política sociológica - poder e conhecimento em educação. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.

QUADROS, Claudemir de. Reforma, ciência e profissionalização da educação: o Centro de Pesquisas e Orientação Educacionais do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Ufrgs, 2006. 429f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

QUADROS, Claudemir de. Uma escola nova no Rio Grande do Sul: planejamento, sistematicidade, reforma e modernidade (1937-1945). Textura, Canoas, v. 25, n. 64, p. 559-581, 2023.

QUADROS, Claudemir de. Uma gota amarga: itinerários da nacionalização do ensino no Brasil. Santa Maria: UFSM, 2014.

SESP. Circular n. 145. 28 jan. 1942.

SESP. Circular n. 2.035. 27 mar. 1941.

SESP. Circular n. 98. Jan. 1944.

SESP. Ofício ao delegado 3ª Região Escolar. 3 jan. 1942.

SESP. Ofício circular n. 1.376. 11 nov. 1940.

SESP. Ofício circular n. 8.310. 22 jul. 1938.

SESP. Ofício circular s/n. 2 jan. 1941.

SESP/DGIP. Circular n. 5.235. 20 jul. 1942.

SESP/DGIP. Instruções para instalação de cortinas nos grupos escolares. Mar. 1943.

SESP/DGIP. Relatório de 1939. Porto Alegre: Secção Técnica, 1939.

SESP/DGIP. Relatório de 1940. Porto Alegre: Sesp/Dgip, 1940.

WERLE, Flávia Obino Corrêa. O nacional e o local: ingerência e permeabilidade na educação brasileira. Bragança Paulista: Edusf, 2005.

Downloads

Publicado

2024-05-10

Como Citar

QUADROS, C. de. Controle e normatização com vistas à excelência da organização escolar no Rio Grande do Sul (1937-1945). Revista Temas em Educação, [S. l.], v. 33, n. 1, p. e-rte331202416, 2024. DOI: 10.22478/ufpb.2359-7003.2024v33n1.66685. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/rteo/article/view/66685. Acesso em: 14 jul. 2024.