SPORT EDUCATION E ESTRUTURA CURRICULAR

um diálogo pertinente para educação física escolar brasileira

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1983-1579.2021v14n2.58045

Palavras-chave:

Educação Física, Currículo, Ensino

Resumo

Traçou-se como objetivo deste ensaio reflexivo-propositivo, refletir sobre possibilidades de operacionalização do modelo curricular “Sport Education” na educação física escolar brasileira. Tal modelo baseia-se essencialmente na ideia de adaptação pedagógica de um ambiente autêntico do esporte formal. Refletiu-se sobre as possibilidades de sua aplicação a outras manifestações da cultura corporal que não somente o esporte. Para tanto, o evento culminante de cada “temporada” precisaria ser adaptado, deixando de ser obrigatoriamente uma competição. Suscitou-se também, a partir do Sport Education, reflexões iniciais relativas à uma ideia de mudança de paradigma na estrutura curricular da educação física escolar brasileira, com concentração em detrimento à diluição de conteúdos dentre os anos de ensino.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Felipe Canan, Universidade do Estado do Amazonas, Brasil.

Doutor em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá, Professor Adjunto da Universidade do Estado do Amazonas.

Referências

ARAÚJO, Rui. A aprendizagem dos alunos e as dinâmicas operantes no seio das equipas no Modelo de Educação Desportiva: Evidências da investigação e direções futuras. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto, Porto, S1A, p. 39-49, 2017.

BESSA, Cristiana et al. Impacto dos modelos de Educação Desportiva e Instrução Direta no desenvolvimento da responsabilidade pessoal e social em jogos desportivos. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto, Porto, S1A, p. 66-74, 2017.

BRASIL. Parâmetros curriculares nacionais: Educação Física / Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1998.

CAMPO, Gutiérrez Díaz del et al. Aplicación del modelo de Educación Deportiva en segundo de Educación Primaria. Percepciones del alumnado y el profesorado. Cuadernos de Psicología del Deporte, Murcia, v. 14, n. 2, p. 131-144, 2014.

CANAN, Felipe. Planejamento e organização da competição esportiva pedagógica para crianças e adolescentes: um exemplo no basquetebol. Caderno de Educação Física e Esporte, Marechal Cândido Rondon, v. 16, n. 1, p. 259-268, 2018.

COLETIVO DE AUTORES. Metodologia de ensino da Educação Física (Coleção magistério 2º grau, série formação do professor). São Paulo: Cortez, 1992.

CUEVAS, Ricardo; GARCÍA-LÓPEZ, Luis; CONTRERAS, Onofre. Influencia del modelo de Educación Deportiva en las necesidades psicológicas básicas. Cuadernos de Psicología del Deporte, Murcia, v. 15, n. 2, p. 155-162, 2015.

ENNIS, Catherine. Creating a culturally relevant curriculum for disengaged girls. Sport, Education and Society, London, v. 4, n. 1, p. 31-49, 1999.

GAYA, Adroaldo; GAYA, Anelise. O esporte como manifestação da cultura corporal de movimento. In: NASCIMENTO, Juarez Vieira do; RAMOS, Valmor; TAVARES, Fernando (Org.). Jogos desportivos: formação e investigação (Coleção Temas em Movimento, volume 4). Florianópolis: UDESC, 2013. p. 41-56.

GINCIENE, Guy; MATTHIESEN, Sara Quenzer. O modelo do Sport Education no ensino do atletismo na escola. Movimento, Porto Alegre, v. 23, n. 2, p. 729-742, 2017.

GOUVEIA, Élvio et al. Influência do Modelo de Educação Desportiva na motivação de alunos do 3º ciclo numa unidade didática de ginástica desportiva. In: LOPES, Helder et al. (Coord.). Problemáticas da Educação Física II. Funchal: Universidade da Madeira, 2016. p. 148-153.

GRACA, Amândio.; MESQUITA, Isabel. A investigação sobre o ensino dos jogos desportivos: ensinar e aprender as habilidades básicas do jogo. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto, Porto, v. 2, n. 5, p. 67-79, 2002.

GRACA, Amândio.; MESQUITA, Isabel. A investigação sobre os modelos de ensino dos jogos desportivos. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto, Porto, v. 7, n. 3, p. 401-421, 2007.

GRAÇA, Amândio; MESQUITA, Isabel. Modelos e concepções de ensino dos jogos desportivos. In: TAVARES, Fernando. (Ed.). Jogos desportivos coletivos – ensinar a jogar. Porto: Universidade do Porto, 2013. p. 9-54.

GRAÇA, Amândio. Modelos e concepções de ensino do jogo. In: TAVARES, Fernando et al. (Ed.). Olhares e contextos da performance nos jogos desportivos. Porto: Universidade do Porto, 2008. p. 25-41.

GRAÇA, Amândio. O desporto na escola: enquadramento da prática. In: GAYA, Adroaldo; MARQUES, António; TANI, Go. (Org.). Desporto para crianças e jovens: razões e finalidades. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2004. p. 97-112.

IMPOLCETTO, Fernanda Moreto et al. Educação física no ensino fundamental e médio: a sistematização dos conteúdos na perspectiva de docentes universitários sistematização dos conteúdos da educação física. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 6, n. 1, p. 89-109, 2007.

KRAVCHYCHYN, Cláudio; COSTA, Luciane. Esportes coletivos: handebol e basquetebol. Maringá: UniCesumar, 2016.

LUQUIN, Antonio Calderón; HASTIE, Peter.; PÉREZ, Diego Matínez de Ojeda. El modelo de educación deportiva (Sport Education model). ¿metodología de enseñanza del nuevo milenio? Revista Española de Educación Física y Deportes, Madrid, n 395, año LXIII, p. 63-79, 2011.

MARTINS, Amanda Cristina Madeira. Basquetebol no SESC: aprendendo além das quatro linhas. In: Congresso Ibérico de Basquetebol, IX, 2018, Florianópolis. Anais… Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2018.

MEROÑO, Lourdes; CALDERÓN, Antonio; HASTIE, Peter. Efecto de una intervención basada en el modelo de Educación Deportiva sobre variables psicológicas en nadadores federados. Cuadernos de Psicología del Deporte, Murcia, v. 15, n. 2, p. 35-46, 2015.

MESQUITA, Isabel; GRAÇA, Amândio; Modelos de ensino dos jogos desportivos. In: TANI, Go; BENTO, Jorge Olímpio; PETERSEN, Ricardo Demétrio de Souza (Ed.). Pedagogia do desporto. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2006. p. 269-283.

MESQUITA, Isabel et al. Modelo de educação esportiva: da aprendizagem à aplicação. Revista da Educação Física/UEM, Maringá, v. 25, n. 1, p. 1-14, 2014.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Base Nacional Comum Curricular – Educação é a Base. Brasil: Ministério da Educação, 2017.

ORTIGARA, Vidalcir; MILIOLI, Bruno Beloli. Educação Física e pensamento teórico: uma relação possível e necessária. Espaço do Currículo, João Pessoa, v. 11, n. 2, p. 188-198, mai./ago. 2018.

OSLIN, Judy. Sport Education: Cautions, Considerations, and Celebrations. Journal of Teaching in Physical Education, Birmingham, n. 21, p. 419-426, 2002.

PAES, Roberto Rodrigues. A pedagogia do esporte e os jogos coletivos. In: DE ROSE JR, Dante (Org.). Esporte e atividade física na infância e na adolescência - uma abordagem multidisciplinar. Porto Alegre: Artmed, 2002. p. 91-97.

PALMA, Ângela Pereira Teixeira Victoria; OLIVEIRA, Amauri Aparecido Bássoli de; PALMA, José Augusto Victoria (Coord.). Educação físicas e a organização curricular: educação infantil e ensino fundamental. Londrina: EDUEL, 2008.

PARLEBAS, Pierre. Juegos, deporte y sociedad – léxico de praxiología motriz. Barcelona: Paidotribo, 2001.

PENNEY, Dawn. Sport Education in Physical Education: An exploration of place, purpose and pedagogy. In: Australian Association for Research in Education Conference, 2002, Brisbane. Proceedings... Brisbane: AARE, 2002.

PEREIRA, Cristiana Helena de Assunção Bessa. Modelo de Educação Desportiva: da aprendizagem à aplicação. 2012. 94 f. Dissertação (Mestrado). Faculdade de Desporto da Universidade do Porto, Porto, 2012.

PEREIRA, José Augusto et al. Estudo comparativo entre o Modelo de Educação Desportiva e o Modelo de Instrução Direta no ensino de habilidades técnico-motoras do Atletismo nas aulas de Educação Física. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto, Porto, n. 2, p. 29-43, 2013.

POPE, Clive. Happy 21st Birthday Sport Education: Where are we now? Journal of Physical Education New Zealand, Wollongong, v. 40, n. 2, p. 11-12, 2007.

SANTANA, Wilton Carlos de. Futsal: apontamentos pedagógicos na iniciação e na especialização. 2 ed. Campinas: Autores Associados, 2008.

SIEDENTOP, Darryl. Sport Education: A Retrospective. Journal of Teaching in Physical Education, Birmingham, n. 21, p. 409-418, 2002.

SIEDENTOP, Darryl. Sport Education: Quality PE through Positive Sport Experiences. Champaign: Human Kinetics, 1994.

SIEDENTOP, Darryl. The theory and practice of Sport Education. In: BARRETE, Gary et al (Ed.). Myths, models & methods in sport pedagogy. Champaign: Human Kinetics, 1987. p. 79-87.

SIEDENTOP, Darryl. Thinking Differently about Secondary Physical. Journal of Physical Education, Recreation & Dance, London, v. 63, n. 7, p. 69-77, 1992.

SIEDENTOP, Darryl. What is Sport Education and How Does it Work? Journal of Physical Education, Recreation & Dance, London, v. 69, n. 4, p. 18-20, 1998.

SILVA, Fernando; KINCHIN, Gary. D. Aplicação do Modelo de Educação Desportiva em uma turma de voleibol da unidade de Bauru do SESC SP – Brasil. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto, Porto, S1A, p. 75-81, 2017.

SILVA, Rita; QUEIRÓS, Paula; MESQUITA, Isabel. Modelos de Ensino do Desporto: O olhar dos alunos. Estudo no âmbito do Estágio Profissional em Educação Física. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto, Porto, S1A, p. 107-114, 2017.

SOARES, Jorge; ANTUNES, Hélio. Modelo de Educação Desportiva: características, vantagens e precauções. In: LOPES, Helder et al. (Coord.). Problemáticas da Educação Física II. Funchal: Universidade da Madeira, 2016. p. 136-147.

THORPE, Rod.; BUNKER, David; ALMOND, Len. Rethinking games teaching. Loughborough: University of Technology, 1986.

TSANGARIDOU, Niki; LEFTERATOS, Chrysostomos. Elementary Students’ Views and Experiences on Sport Education in Cyprus. Advances in Physical Education, v. 3, n. 1, p. 28-35, 2013.

WALLHEAD, Tristan; NTOUMANIS, Nikos. Effects of a Sport Education Intervention on Students’ Motivational Responses in Physical Education. Journal of Teaching in Physical Education, Birmingham, n. 23, p. 4-18, 2004.

WALLHEAD, Tristan; O'SULLIVAN, Mary. Sport Education: physical education for the new millennium? Physical Education and Sport Pedagogy, London, v. 10, n. 2, p. 181-210, 2005.

Downloads

Publicado

2021-06-09

Como Citar

CANAN, F. SPORT EDUCATION E ESTRUTURA CURRICULAR: um diálogo pertinente para educação física escolar brasileira. Revista Espaço do Currículo, [S. l.], v. 14, n. 2, p. 1–14, 2021. DOI: 10.22478/ufpb.1983-1579.2021v14n2.58045. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/rec/article/view/58045. Acesso em: 18 set. 2021.