PERMANÊNCIA NA EDUCAÇÃO SUPERIOR

“um peso, duas medidas”

Autores

  • Rayana Andrade de Carvalho
  • Edineide Jezine Mesquita Araujo

Resumo

O presente artigo é fruto da pesquisa intitulada “Aspectos subjetivos da condição de permanência dos estudantes de camadas populares na Universidade Federal da Paraíba” que discute os desafios enfrentados pelos alunos no processo de permanência na universidade. A pesquisa é de base qualitativa e de estudo de caso realizada com estudantes do curso de Pedagogia (Área de aprofundamento na educação do Campo), em que investiga as trajetórias individuais de jovens em situação de vulnerabilidade social na educação superior. Os instrumentos utilizados para a coleta dos dados foram questionários e entrevistas semiestruturadas. Os dados do questionário possibilitou traçar o perfil social dos estudantes a partir das variáveis: sexo; cor; tipo de escola e, escolaridade e ocupação dos pais, permitiu também, escolher os sujeitos a serem entrevistados. As entrevistas deram-se com três jovens considerados em situação de vulnerabilidade, e analisadas a partir da técnica de análise do discurso de Bardin (1977) e dos fundamentos teóricos de Bourdieu (2002), Zago (2006), Vargas (2009) dentre outros. Através dos relatos recolhidos, foi possível inferir que, no interior da universidade, outros e diferentes processos de exclusão ocorrem e demandam novos e diferentes desafios à permanência com conclusão em cursos superiores. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

13-05-2016

Como Citar

ANDRADE DE CARVALHO, R.; JEZINE MESQUITA ARAUJO, E. PERMANÊNCIA NA EDUCAÇÃO SUPERIOR: “um peso, duas medidas”. Revista Espaço do Currículo, [S. l.], v. 9, n. 1, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/rec/article/view/rec.2016.v9i1.108120. Acesso em: 16 abr. 2024.