A PESSOA DO LEITOR/ESCRITOR DURANTE SUA GRADUAÇÃO: FATOS, SENTIMENTOS E POSSIBILIDADES

Autores

  • Milena Ramos PUCRS
  • Claus Dieter Stobäus Centro Universitário La Salle
  • Maria Inês Côrte Vitória Pontifícia Universidade Católica (PUCRS)

Resumo

O presente artigo teve como objetivo discutir elementos encontrados na Dissertação de Mestrado da autora com seu orientador, sobre práticas positivas de qualificação da leitura e da escrita durante o Curso de Graduação, que primam pelo desenvolvimento de habilidades da pessoa enquanto leitor/escritor. A coleta de dados transversalmente foi feita com alunos na disciplina Educação e Literatura Infantil, durante o desenvolvimento de quatro semestres do Curso de Graduação em Pedagogia, na PUCRS, aplicando um questionário, acompanhamento de relatos através da Plataforma Moodle e observações em sala de aula, cujas respostas foram analisadas qualitativamente através da técnica de Análise de Conteúdo. Como principal achado, percebemos a interinfluência de bons exemplos de uma prática positiva em aula, levando à qualificação de habilidades enquanto aluno e da pessoa do leitor/escritor em desenvolvimento, durante a disciplina, bem como o quanto é imprescindível uma abordagem positiva afetiva, cognitivamente e socialmente, em leitura e escrita que foque sobre o desenvolvimento humano também no Ensino Superior.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Milena Ramos, PUCRS

Mestre em Educação - PUCRS

Claus Dieter Stobäus, Centro Universitário La Salle

Pós-doutor em Psicologia pela Universidad Autónoma de Madrid- Espanha, Doutor em Ciências Humanas - Educação, professor titular, FACED- PUCRS, no Pós-graduação em Educação e Gerontologia Biomédica, professor do Centro Universitário La Salle.

Maria Inês Côrte Vitória, Pontifícia Universidade Católica (PUCRS)

Professora Doutora do Programa de Pós-graduação em Educação da Faculdade de Educação Pontifícia Universidade Católica (PUCRS) - Porto Alegre, Rio Grande do Sul.

Referências

ASENSIO, José. M.; GARCÍA CARRASCO, Joaquín.; NÚÑEZ CUBERO, Luis.; LARROSA, Jorge. La vida emocional. Barcelona: Ariel, 2006.

BARDIN, Lawrence. Análise de Conteúdo. 3. ed. Lisboa: Edições 70, 2010.

DAMÁSIO, António. Em busca de Espinosa. Prazer e dor na ciência dos sentimentos. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

DEMO, Pedro. Leitores para sempre. Porto Alegre: Mediação, 2006.

LAJOLO, Marisa. Do mundo da leitura para a leitura do mundo. São Paulo: Ática, 1999.

MOSQUERA, Juan. J. M. O professor como pessoa. Porto Alegre: Sulina, 1978.

MOSQUERA, Juan. J. M., STOBÄUS, Claus. D. Autoimagem, autoestima e autorrealização na universidade. In: ENRICONE, D.(org.) A docência na educação superior: sete olhares. Porto Alegre: Evangraf, 2006.

MOSQUERA, Juan. J. M.; STOBÄUS, Claus. D. Leitura: o ato de ler e as diferenças individuais. In: TREVISAN, Albino; MOSQUERA, Juan J. M.; PEREIRA, Vera W. Alfabetização e cognição. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2011. p. 195-206.

SELIGMAN, Martin E. P. Florescer: uma nova compreensão sobre a natureza da felicidade e do bem-estar. Rio de Janeiro: Objetiva, 2011.

VITÓRIA, Maria I. C.; CHRISTOFOLI, Maria C. P. A escrita no Ensino Superior. Educação (Santa Maria Online), v. 38, p. 41- 54, 2013.

Downloads

Publicado

2014-11-26

Como Citar

RAMOS, M.; STOBÄUS, C. D.; VITÓRIA, M. I. C. A PESSOA DO LEITOR/ESCRITOR DURANTE SUA GRADUAÇÃO: FATOS, SENTIMENTOS E POSSIBILIDADES. Revista Temas em Educação, [S. l.], v. 23, n. 2, p. 188–202, 2014. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/rteo/article/view/20530. Acesso em: 17 jan. 2022.

Edição

Seção

RELATOS DE PESQUISA