CONTRIBUIÇÕES DE PAULO FREIRE PARA O ENSINO EM SAÚDE: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

Autores

  • Marleny Andrade Abreu Universidade do Estado do Rio Grande do Norte
  • Flaviana Dávila de Sousa Soares Universidade do Estado do Rio Grande do Norte
  • Diana Paula de Souza Rego Pinto Carvalho Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.2359-7003.2021v30n3.59991

Resumo

A educação brasileira, de modo geral, tem sido instituída numa prática bancária, centrada na transmissão de conteúdo. Apesar disso, práticas educativas pautadas em um processo de ensino-aprendizagem que se fundamenta na problematização, no diálogo, na valorização das experiências de vida cotidiana e da cultura dos alunos são desenvolvidas. Paulo Freire é considerado o principal autor que fundamenta práticas de ensino com essas características. Diante disso, foi realizada uma revisão integrativa da literatura que objetivou responder a seguinte questão: quais as contribuições de Paulo Freire para o ensino em saúde? A partir da busca nas bases de dados disponíveis na internet: Biblioteca Virtual Scientific Electronic Library Online, Biblioteca Virtual em Saúde e a base de dados da Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde. Verificou-se a presença de pressupostos freirianos em práticas educativas dirigidas tanto para a formação básica como para a formação dos profissionais em saúde de maneira consciente e emancipado, que faz repercutir em seu trabalho as características de uma educação libertadora e dialógica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marleny Andrade Abreu, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Graduação em Enfermagem pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Pós-graduação em Urgência e Emergência e em Unidade de Terapia Intensiva pela Faculdade Santa Maria FSM/PB, Cajazeiras (2016). Discente no Programa de Pós-graduação em Ensino na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - PPGE/UENR

Flaviana Dávila de Sousa Soares, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Mestranda em Ensino pela Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN). Especialista em Urgência e Emergência pela Faculdade Santa Maria- FSM ; Especialista em Unidade de Terapia Intensiva- UTI pela Faculdade Santa Maria. Bacharelado em Enfermagem pela Universidade Federal de Campina Grande- UFCG

Diana Paula de Souza Rego Pinto Carvalho, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Doutorado em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte - Professora da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte

Referências

BOTELHO, L. L. R.; CUNHA, C. C. A.; MACEDO, M. O método da revisão integrativa nos estudos organizacionais. Revista eletrônica gestão e sociedade, Belo horizonte, v. 5, n. 11, p. 121-136, 2011.

CHIARELLA, T. et al. A Pedagogia de Paulo Freire e o Processo Ensino-Aprendizagem na Educação Médica. Revista Brasileira de Educação Médica, [s.l.], v. 39, n. 3, p. 418-425, set. 2015. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1981-52712015v39n3e02062014. Acesso em: 20 jun. 2021.

CHIESA, A. M. et al. A formação de profissionais da saúde: aprendizagem significativa à luz da promoção da saúde. Cogitare enfermagem, v. 12, n. 2, p. 236-240, 2007.

COLARES, K. T. P.; OLIVEIRA, W. Metodologias Ativas na formação profissional em saúde: uma revisão. Revista Sustinere, [S.l.], v. 6, n. 2, p. 300 - 320, jan. 2019. ISSN 2359-0424. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/sustinere/article/view/36910/27609. Acesso em: 14 maio 2021.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia. 48. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2014a.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 58. ed. Rio de Janeiro: Paz & Terra, 2014b.

FREIRE, P. Política e educação. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2001a.

FREIRE, P. Carta de Paulo Freire aos professores. Estud. av., São Paulo, v. 15, n. 42, p. 259-268, Ago. 2001b. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142001000200013&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 02 jun. 2021.

KÖCHE, J.C. Fundamentos de Metodologia Científica: teoria da ciência e iniciação à pesquisa. 29. ed. Petrópolis: Vozes, 2011.

MARCONI, M.A; LAKATOS, E.M. Fundamentos da Metodologia Científica. 7. ed. São Paulo: Atlas; 2010.

MONTEIRO, R. J. S. et al. DECIDIX: encontro da pedagogia Paulo Freire com os serious games no campo da educação em saúde com adolescentes. Ciência & Saúde Coletiva, [s.l.], v. 23, n. 9, p. 2951-2962, set. 2018. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232018239.12782018. Acesso em: 10 jun. 2021.

LOPES, C. R. et al. Educação e cultura em saúde à luz de Paulo Freire. Revista de Enfermagem UfpeOnLine, [s.l], v. 11, n. 12, p. 5122, 4 dez. 2017. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5205/1981-8963-v11i12a25338p5122-5128-2017. Acesso em: 12 jun. 2021.

SILVA, C.R; FIGUEIREDO, J. B. A. In: FIGUEIREDO, J. B. de A. et al. (Orgs.). Educação como forma de socialização: educação, escola e sociabilidade. vol. 2, Porto Alegre, RS: Editora Fi, 2018.Disponível em: http://www.precog.com.br/bc-texto/obras/2019-pack-074.pdf#page=57. Acesso em: 15 jun. 2021.

VENDRUSCOLO, C. et al. Estratégias pedagógicas que norteiam a prática de enfermeiros professores: interfaces com a educação libertadora de Paulo Freire. Revista Inova Saúde, Criciúma, v. 7, n. 1, p. 93-110, jul. 2018.

VIEIRA, S. L. et al. Diálogo e ensino-aprendizagem na formação técnica em saúde. Trabalho, Educação e Saúde, [s.l.], v. 18, n. 1, p. 1-25, 2020. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1981-7746-sol00253. Acesso em: 02 jun. 2021.

Downloads

Publicado

2021-12-23

Como Citar

ANDRADE ABREU, M.; DÁVILA DE SOUSA SOARES, F. .; PAULA DE SOUZA REGO PINTO CARVALHO, D. . CONTRIBUIÇÕES DE PAULO FREIRE PARA O ENSINO EM SAÚDE: UMA REVISÃO INTEGRATIVA. Revista Temas em Educação, [S. l.], v. 30, n. 3, p. 141–156, 2021. DOI: 10.22478/ufpb.2359-7003.2021v30n3.59991. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/rteo/article/view/59991. Acesso em: 12 jul. 2024.

Edição

Seção

ARTIGO DE REVISÃO