Proposta de Zoneamento para o Ambiente Recifal de Picãozinho, João Pessoa - PB

Autores

  • Guilherme Debeus
  • Eduardo Rodrigues Viana de Lima
  • Maria Cristina Crispim

Resumo

Os ambientes recifais são amplamente utilizados pelas atividades turísticas, sem haver respeito pelo sistema vivo, ou normas a serem seguidas, estipuladas por um plano de manejo ou de gestão ambiental. Desta forma, faz-se necessário um planejamento ambiental, para que as atividades que são desenvolvidas nesses ambientes possam ser menos impactantes e o seu uso otimizado.O objetivo deste artigo foi propor um zoneamento ambiental, visando o ordenamento das atividades sociais e econômicas que ocorrem no ambiente recifal de Picãozinho, João Pessoa – PB. A área de estudo é um importante atrativo turístico do município, gerando renda e emprego para diversos segmentos. A metodologia adotada levou em consideração os diversos usos tradicionais do ambiente e a diversidade marinha observada em estudos preliminares, o que proporcionou dados para a proposta de um zoneamento ambiental sustentável da área, privilegiando a conservação dos corais sem perdas da qualidade da atividade turística. Para a elaboração desse zoneamento, mapas foram construídos com o auxílio de imagens de satélite e a partir daí e usando como referência a biodiversidade de corais, foram propostas as zonas ecológicas e econômicas, no ambiente recifal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

DEBEUS, G.; DE LIMA, E. R. V.; CRISPIM, M. C. Proposta de Zoneamento para o Ambiente Recifal de Picãozinho, João Pessoa - PB. Gaia Scientia, [S. l.], 2014. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/gaia/article/view/18183. Acesso em: 3 fev. 2023.

Edição

Seção

Ciências Ambientais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>