Uso de tecnologias ecológicas de saneamento básico para solução de conflitos socioambientais

Autores

  • Wellington Marchi Paes UFPB
  • Maria Cristina Crispim UFPB
  • Gil Dutra Furtado UFPB

Palavras-chave:

biotecnologias, permacultura, saneamento ambiental

Resumo

Técnicas permaculturais são alternativas que vêm sendo desenvolvidas, no intuito de produzir uma cultura permanente que reintegra o ser humano ao ambiente, levando em consideração a observação do meio natural e a experimentação no intuito de aprimorar os diversos fatores que estão auxiliando a degradar a vida e a natureza. Dessa forma, busca restituir o equilíbrio na natureza que as ações humanas têm quebrado. A falta de saneamento básico tem trazido muitas conseqüências negativas, tanto à saúde humana, quanto ao ambiente, gerando conflitos, dessa forma, gerenciar os resíduos gerados, principalmente os esgotos, deve estar entre as prioridades de todos os governos municipais. Como nas áreas periurbanas há menos investimento nesta área que nas áreas urbanas, ações que diminuam os impactos dos resíduos, no sentido de eliminar as fontes de poluição difusa, como os esgotos domésticos são essenciais. Assim, este trabalho visou realizar ações demonstrativas de como a gestão dos resíduos líquidos pode ser realizada de forma sustentável. Foram escolhidas duas comunidades que apresentavam efluentes domésticos com escorrência a céu aberto. Foram implantados tanques de evapotranspiração (fossas ecológicas para o tratamento de águas negras) no Condomínio Amizade e círculos de bananeiras, para o tratamento de águas cinzas, em Engenho Velho, João Pessoa, PB. Após as ações desenvolvidas verificou-se a satisfação de todos os que participaram do projeto. Como o objetivo deste projeto era a inserção de algumas tecnologias nas comunidades, para servir de modelo para a sua replicação, por outros comunitários, podemos dizer que para além dos resultados positivos da implantação das tecnologias por si só, visto que melhorou bastante as áreas em que foram aplicadas, pela eliminação de esgotos a céu aberto, houve a divulgação das técnicas, que já foram aplicadas em outros locais, o que demonstra a apropriação dessas metodologias, pelas comunidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Wellington Marchi Paes, UFPB

Mestrando do Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente – PRODEMA-UFPB

Maria Cristina Crispim, UFPB

Professora Associada II da UFPB vinculada ao Departamento de Sistemática e Ecologia/CCEN e PRODEMA-UFPB

Gil Dutra Furtado, UFPB

Professor do PRODEMA-UFPB

Downloads

Publicado

2014-10-23

Como Citar

PAES, W. M.; CRISPIM, M. C.; FURTADO, G. D. Uso de tecnologias ecológicas de saneamento básico para solução de conflitos socioambientais. Gaia Scientia, [S. l.], v. 8, n. 1, 2014. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/gaia/article/view/19154. Acesso em: 2 dez. 2022.

Edição

Seção

Ciências Ambientais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>