O CURRÍCULO DA/NA REDE MUNICIPAL DE MARINGÁ

o recorte em uma escola

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1983-1579.2018v1n11.33016

Palavras-chave:

Currículo, Escola, Educadores

Resumo

Este artigo tem como objetivo de estudo a percepção de educadores de uma escola de Maringá-PR sobre o currículo. Dessa forma buscou-se apresentar discussões acerca dos conceitos de currículo por meio de referencial bibliográfico analisando as obras de Sacristán (1998 e 2000), Silva (2003, 2004, e 2010), Goodson (2012), Arroyo (2011) e Moreira (2007) e considerando a configuração de currículo presente em documentos oficiais emitidos pelo Ministério da Educação, Secretaria de Educação do Estado do Paraná e do município de Maringá. Além disso, apresenta o percurso histórico para a construção do Currículo para Educação Infantil e anos iniciais do Ensino Fundamental, documento este elaborado e adotado pela rede municipal de ensino do referido município. Ao mesmo tempo, foi aplicado um questionário, no intuito de verificar a percepção dos educadores de uma escola sobre currículo e a respeito do processo de elaboração do currículo da rede municipal. Verificou-se que os educadores possuem uma ideia de currículo atrelada a uma concepção tradicional, mesmo tendo eles participado de vários estudos e leituras que antecederam a elaboração do Currículo para Educação Infantil e anos iniciais do Ensino Fundamental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Erick Rodrigo Bucioli, Universidade Estadual de Maringá, Brasil.

Doutorando em Educação pela Universidade Estadual de Maringá, atualmente é Professor horista da Faculdade Santa Maria da Glória, Professor da Prefeitura do Município de Maringá e Professor Colaborador na Universidade Estadual do Paraná.

Ana Lucia Olivo Rosas Moreira, Universidade Estadual de Maringá, Brasil.

Doutor em Ciências pela Universidade Federal de São Carlos e Professora não- titular da Universidade Estadual de Maringá. 

Referências

ARROYO, M. G. Currículo, território em disputa. 2. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa, Portugal: Edições 70, 2011.

BEANE, J. A. Integração curricular: a essência de uma escola democrática. Currículo sem Fronteiras, v.3, n.2, pp. 91-110, Jul/Dez 2003. Disponível em: <http://www.curriculosemfronteiras.org/vol3iss2articles/beane.pdf>. Acesso em: 21 de março de 2014.

BRASIL. Câmara dos Deputados. LDB: Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Brasília: Câmara dos Deputados, Coordenação Edições Câmara, 1996.

BRASIL. Ministério da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ciências Naturais: Ensino de quinta à oitava série. Brasília: MEC/SEF, 1997a.

CELLARD, A. A análise documental. In: POUPART, J. et al. A pesquisa qualitativa: enfoques epistemológicos e metodológicos. Petrópolis, Vozes, 2008.

DUARTE, R. Entrevistas em pesquisas qualitativas. Educar. Curitiba: Editora UFPR, n. 24, p. 213-225, 2004.

GASPARIN, J. L. Uma didática para pedagogia histórico-crítica. 5. ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2009.

GIROUX, H. A. Os professores como intelectuais: rumo a uma pedagogia crítica da aprendizagem. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.

GOMES, N. L. Indagações sobre currículo: diversidade e currículo. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2007.

GOODSON, I. F. Currículo: Teoria e História. 10. ed. Petrópolis-RJ: Vozes, 2012.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. de A. Metodologia científica. São Paulo: Atlas, 1985.

LOPES, A. C.; MACEDO, E. Teorias de currículo. São Paulo: Cortez, 2011.

MARINGÁ, Secretaria Municipal de Educação. Currículo para a Educação Infantil e Anos Iniciais do Ensino Fundamental. Maringá: SEDUC, 2013.

MATOS, M. C. de; PAIVA, E. V. Currículo integrado e formação docente: Entre diferentes concepções e práticas. Vertente. Nº 33. São João Del Rey: Universidade Federal de São João Del Rey, 2009. Disponível em: <http://www.ufsj.edu.br/portal2-repositorio/File/Vertentes/Maria%20do%20Carmo%20e%20Edil.pdf>. Acesso em 20 de março de 2014.

MOREIRA, A. F. B. Indagações sobre currículo: currículo, conhecimento e cultura. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2007.

OLIVEIRA, S. L. de. Tratado de metodologia científica: projetos de pesquisas, TGI, TCC monografias, dissertações e teses. São Paulo: Pioneira Thompson Learning, 2002.

PARANÁ, Secretaria de Estado da Educação. Currículo Básico para a Escola Pública do Estado do Paraná. Curitiba: Departamento de Educação Básica, 1990.

PARANÁ, Secretaria de Estado da Educação. Diretrizes Curriculares de Ciências para o Ensino Fundamental. Curitiba: Departamento de Educação Básica, 2008.

PARANÁ, Secretaria de Estado da Educação. Ensino Fundamental de nove anos: orientações pedagógicas para os anos iniciais. Curitiba: Departamento de Educação Básica, 2010.

RIBEIRO, V. M. B. A construção do conhecimento, o currículo e a escola básica. Em Aberto, Brasília, ano 12, n.58, abr./jun. 1993. Disponível em <http://www.rbep.inep.gov.br/index.php/emaberto/article/viewFile/858/770>. Acesso em: 10 de março de 2014.

SACRISTÁN, J. G.; PÉREZ GÓMEZ, A. I. Compreender e transformar o ensino. 4. ed. Porto Alegre: ArtMed, 1998.

SACRISTÁN, J G. O currículo: uma reflexão sobre a prática. 3.ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.

SAVIANI, N. Currículo: um grande desafio para o professor. Revista de Educação. Nº 16. São Paulo, 2003 – pp. 35-38. Disponível em <http://ead.opet.net.br/conteudo/ead/Moodle_2.0/graduacao/pedagogia_2013/org_tra_peda/PDF/LEITURA_2_aula_7.pdf>. Acesso em: 15 de março de 2014.

SILVA, M. C. da; QUELUZ, G. Noções das Relações entre o Ensino de Ciências e os acontecimentos históricos que envolvem a Ciência, a Tecnologia e o Ambiente. Coletânea “Educação & Tecnologia”. Curitiba: Editora do CEFET-PR, p. 46-69, 2003. Disponível em: <http://www.pessoal.utfpr.edu.br/macloviasilva/arquivos/nocoes_ensino_ciencia.pdf>. Acesso em: 10 de novembro de 2013.

SILVA, T. T. da. Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2004.

SILVA, T. T. da. Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo. 3. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2010.

SILVA, T. T. da. O currículo como fetiche: a poética e a política do texto curricular. Belo Horizonte: Autêntica, 2003.

Downloads

Publicado

26-04-2018

Como Citar

BUCIOLI, E. R.; MOREIRA, A. L. O. R. . O CURRÍCULO DA/NA REDE MUNICIPAL DE MARINGÁ: o recorte em uma escola. Revista Espaço do Currículo, [S. l.], v. 1, n. 11, p. 94–108, 2018. DOI: 10.22478/ufpb.1983-1579.2018v1n11.33016. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/rec/article/view/ufpb.1983-1579.2018v1n11.33016. Acesso em: 22 maio. 2024.