TESES E DISSERTAÇÕES SOBRE EDUCAÇÃO DO CAMPO DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO DA REGIÃO NORTE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1983-1579.2021v14n3.57959

Palavras-chave:

Currículo, Educação do Campo, Produção Científica, Teses e Dissertações

Resumo

No presente artigo, o objetivo é analisar as concepções de currículo de formação inicial de professores do campo presentes em teses e dissertações produzidas nos programas de pós-graduação em Educação das universidades federais da região Norte do Brasil, defendidas entre 2014 e 2020. Para a reunião das produções científicas, recorremos ao Banco de Teses e Dissertações dos referidos programas. O estudo mostrou que as concepções de currículo estão fundamentadas em teorias curriculares críticas e pós-críticas, sendo que, entre as teorias críticas, há predominância de estudos pautados no materialismo histórico-dialético. Dos doze trabalhos analisados, nove estão fundamentados nessa abordagem teórico-metodológica. O estudo revelou, ainda, um paradoxo que talvez possa ser compreendido a partir da categoria da contradição. De um lado, as discussões teóricas presentes nas teses e nas dissertações sobre currículo de formação inicial de professores do campo enfatizam a necessidade de projetos curriculares específicos aos contextos sociopolítico, econômico, cultural, territorial e pedagógico. Por outro lado, os dados empíricos dessas pesquisas evidenciam que as especificidades não se materializam e revelam práticas curriculares hegemônicas, alinhadas aos interesses capitalistas, distantes das diretrizes da Educação do Campo e das abordagens críticas.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Tânia Mara Rezende Machado, Universidade Federal do Acre, Brasil.

Doutora em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e Professora da Universidade Federal do Acre.

Referências

ALVES, Fernanda Helena Basso. Organização do trabalho pedagógico no cotidiano de classes multisseriadas do município de Rio Branco-Acre. Dissertação (Mestrado em Educação ) – Universidade Federal do Acre, Rio Branco, 2018.

FARIAS, Maria Celeste Gomes de. Alternância pedagógica na formação do educador: contribuições da licenciatura em educação do campo a partir da Unifesspa. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Instituto de Ciências da Educação, Universidade Federal do Pará, Belém, 2019. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/11465. Acesso em : 7 out. 2020.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia. 31. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2005.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 9. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1981.

GIMENO SACRISTÁN, José. A educação que ainda é possível: ensaios sobre uma cultura para a educação. Porto Alegre: Artmed, 2007.

LIMA, Natamias Lopes de. Questões epistêmico-historiográficas sobre a educação do campo no Brasil. Tese (Doutorado em Educação) – Instituto de Ciências da Educação, Universidade Federal do Pará, Belém, 2017. Disponível em: <http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/9513>. Acesso em: 7 out. 2020.

LOPES, Alice Casimiro. Articulações de Demandas Educativas (Im)Possibilitadas pelo Antagonismo ao “Marxismo Cultural”. Arquivos Analíticos de Políticas Educativas, Arizona, v. 27, n. 109, p. 1-21, set. 2019.

OLIVEIRA, Ana Paula Lima Carvalho de. Os significados construídos pelas crianças da educação infantil ribeirinha de Manaus. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2018.

RODRIGUES, Joélia dos Santos. Formação dos primeiros graduandos do Curso de Licenciatura em Educação do Campo UFT Arraias/TO: um estudo dentro do currículo prescrito e vivenciado. Monografia (Graduação) – Curso de Curso de Licenciatura em Educação do Campo: Artes Visuais e Música, Universidade Federal do Tocantins, Arraias, 2020.

SILVA, Elverenice Vieira da. Professores do campo na Amazônia-Acreana: atuação profissional e papel social. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Acre, Rio Branco, 2019.

SILVA, Hellen do Socorro de Araújo. Política de formação de educadores do campo e a construção da contra-hegemonia via epistemologia da práxis: análise da experiência da LEDOC-UFPA-Cametá. Tese (Doutorado em Educação) - Instituto de Ciências da Educação, Universidade Federal do Pará, Belém, 2017. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10905. Acesso em: 7 out. 2020.

SILVA, Simone Souza. Políticas de formação inicial de professores do campo em Parintins: contextos e contradições. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2017.

SILVA, Tomaz Tadeu da. Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo. 2. ed. 7. reimp. Belo Horizonte: Autêntica, 2004.

SILVA, Vanderléia Barbosa da. As tecnologias digitais na formação de professores indígenas do curso de licenciatura em educação básica intercultural da Fundação Universidade Federal de Rondônia. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Rondônia, Porto Velho, 2016.

TRINDADE, Antenor Carlos Pantoja. Representações sociais de egressos do curso de Licenciatura em Educação do campo da UFPA: formação e atuação no contexto social do campo. Dissertação (Mestrado em Educação) – Instituto de Ciências da Educação, Universidade Federal do Pará, Belém, 2016.

UCHÔA, Iraci Carvalho. Trabalho e Educação do Campo no contexto amazônico: um estudo em uma comunidade camponesa do Médio Rio Solimões. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Amazonas, Manaus, 2018.

VASCONCELOS, Maria Eliane de Oliveira. Educação do campo no Amazonas: história e diálogos com as territorialidades das águas, das terras e das florestas. Tese (Doutorado em Educação) – Instituto de Ciências da Educação, Universidade Federal do Pará, Belém, 2017. Disponível em: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/10913. Acesso em: 7 out. 2020.

Downloads

Publicado

2021-06-18

Como Citar

MACHADO, T. M. R. TESES E DISSERTAÇÕES SOBRE EDUCAÇÃO DO CAMPO DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO DA REGIÃO NORTE. Revista Espaço do Currículo, [S. l.], v. 14, n. 2, p. 1–17, 2021. DOI: 10.22478/ufpb.1983-1579.2021v14n3.57959. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/rec/article/view/57959. Acesso em: 18 set. 2021.