UM CURRÍCULO AO AVESSO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15687/rec.v14i3.60767

Palavras-chave:

Escrita experimental, Afeto, Diferenças

Resumo

A vida que transborda nas cidades, em suas arquiteturas de afetos, nas pessoas, imagens e escritas que agem sobre os corpos em seus múltiplos encontros exige um currículo ainda a ser escrito. Escrita inventiva, que narra a imaginação que resiste às identidades orgânicas de uma personagem, cujo diário é potência para liberar alegria que resiste à morte cotidiana. Um movimento hacker próximo à pichação, ferindo o corpo da cidade com uma escrita errante. Apostando na heterogeneidade de estilos de escritas, o artigo deseja liberar um currículo para encontrar o fluxo de vidas em composição com palavras e imagens. Na incerteza do que podem a estética e a ética ao virar o currículo ao seu avesso, às suas dobras infinitas nas quais habitam os sujeitos, os conhecimentos, as culturas ainda não-nomeadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Juliana Aparecida Jonson Gonçalves, Faculdade Galileu, Brasil.

Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas e docente do curso de Arquitetura e Urbanismo da Faculdade Galileu.

Antonio Carlos Rodrigues de Amorim, Universidade Estadual de Campinas, Brasil.

Doutor em Educação pela Universidade Estadual de Campinas e Professor nesta mesma Universidade.

Referências

ALVES, Nilda; SANTOS, Joana Ribeiro. REDES DE CONHECIMENTOS E CURRÍCULOS: agenciamentos e criações possíveis nos movimentos estudantis recentes. Espaço do Currículo, v.9, n.3, p. 372-392, Setembro a Dezembro de 2016.

AMORIM, Antonio Carlos R. de Diagramas para um currículo-vida. HUMANIDADES & INOVAÇÃO, v. 7, p. 406-420, 2020.

AMORIM, Antonio Carlos R. & SCOTT, David. Learning and the Rhizome: Reconceptualisation in the Qualitative Research Process. MAGIS (EN LÍNEA), v. 11, p. 125-136, 2018.

BUCI-GLUCKSMANN, Christine. Variações sobre a imagem: estética e política. In: LINS, Daniel (org.) Nietzsche/Deleuze: imagem, literatura e educação. Simpósio Internacional de Filosofia, 2005. Rio de Janeiro: Forense Universitária; Fortaleza: Fundação de Cultura, Esporte e Turismo, 2007, p.70-85.

CARNEIRO, Gláucia Conceição. Currículo das errâncias com a pedagogia da hesitação : corpo, cidade e artivismos (Tese de Doutorado em Educação, UFMG) Belo Horizonte, 2020. 159 f.

CARVALHO, Janete Maglhães. Macro/micropolítica, cotidiano escolareconstituição de um corpo coletivo em devir. ETD-Educação Temática Digital. Campinas, SP. v.21.n.1. p.47-62jan./mar. 2019.

CHAUÍ, Marilena. Desejo, paixão e ação na ética de Spinoza. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.

CORAZZA, Sandra Mara. A-Traduzir o Arquivo da Docência em Aula: Sonho Didático e Poesia Curricular . Educação em Revista .v.35.e217851. 2019

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Felix. O que é a filosofia? (Tradução de Bento Prado Jr. e Alberto Alonso Muñoz). São Paulo: Editora 34, 1992.

DJAN, C. I., “Cripta Djan: O pixador é o artista que transcendeu as telas.” Revista O Vies. (Entrevistadores: RHODEN, C. et al.) [S.l.:s.n.] em 08/11/2012. Disponível em: https://www.revistaovies.com/2012/11/08/cripta-djan-o-pixador-e-o-artista-que-transcendeu-as-telas/. Acesso em 03/09/2021.

GIL, José. O imperceptível devir da imanência: sobre a filosofia de Deleuze. Lisboa, Portugal: Relógio D’Água, 2008.

GONÇALVES, Juliana Jonson; AMORIM, Antonio Carlos R. Invenções e atualizações no campo acadêmico: uma escrita de tese acontecimental. In: LEÃO, Cláudia; BRITO, Maria dos Remédios de (Orgs). Estalos, incidentes e acontecimentos como procedimento e método da pesquisa em artes [recurso eletrônico] / Belém: Programa de Pós-Graduação em Artes/ UFPA, 2020. p. 104-115. Disponível em: https://livroaberto.ufpa.br/jspui/handle/prefix/914. Acesso em 13/12/2021.

LOPES, Alice Casimiro; MACEDO, Elizabeth. Apresentação - Uma alternativa às políticas curriculares centralizadas. Roteiro, Joaçaba, v. 46, jan./dez. 2021 | e27181 |E-ISSN 2177-6059.

ORLANDI Luís B. Lacerda, “Ética em Deleuze.” Revista CPFL Cultura. (Entrevistadora: Fernanda Bellei) [S.l.:s.n.] em 19 jan. 2009. Disponível em: https://institutocpfl.org.br/cafe-filosofico-etica-em-deleuze-luiz-orlandi/ . Acesso em 03/09/2021.

PAULA, Marcos Ferreira de. Como tornar-se livre e feliz. Cadernos Espinosanos/Estudos sobre o século XVII, no22, p.229-236, jan-jun 2010.

SPINOZA, Benedictus de. Ética/Spinoza. (Tradução de Tomaz Tadeu). Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2009.

Pixadores. Direção: Amir Escandari. Finlândia: HelsinkiFilmi, 2014. Dvd (93 min) colorido.

Downloads

Publicado

22-12-2021

Como Citar

GONÇALVES, J. A. J.; AMORIM, A. C. R. de. UM CURRÍCULO AO AVESSO. Revista Espaço do Currículo, [S. l.], v. 14, n. 3, p. 1–12, 2021. DOI: 10.15687/rec.v14i3.60767. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/rec/article/view/60767. Acesso em: 14 jun. 2024.