POLÍTICAS E CURRÍCULO NA LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS: pesquisas do Observatório da Formação de Professores no âmbito do Ensino de Arte (OFPEA/BRARG)

Resumo

O presente Dossiê resulta de pesquisas do Observatório da Formação de Professores no âmbito do Ensino de Arte (OFPEA/BRARG) e da Rede Latino-Americana de Investigadores em Formação de Professores de Artes (LAIFOPA). Analisa, a partir da atual conjuntura, propostas dos currículos de formação de professores de Artes Visuais no Brasil e América Latina. Os estudos orientam-se pelo conceito de práxis na abordagem do materialismo histórico dialético. Busca discutir processos sociais que engendram diferentes proposta curriculares nacionais e internacionais de formação de professores das Artes. Agrega textos de pesquisadores da região norte, sul, centro-oeste, sudeste e nordeste brasileiro e de pesquisador Argentino, integrantes do observatório.  Os resultados das pesquisas são sistematizados com o objetivo de dimensionar mudanças e continuidades nos currículos da formação de professores de Artes Visuais e problematizar propostas curriculares contemporâneas que cerceiam a autonomia e a liberdade de criação na formação docente. 

Biografia do Autor

Maria Cristina da Rosa Fonseca Silva, UDESC
Professora dos programas de Pós-Graduação em Artes Visuais e de Educação da UDESC. E-mail: cristinaudesc@gmail.com. ORCID: http://orcid.org/0000-0003-1571-9176
Gerda Margit Schütz Foerste, UDESC
Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação (Mestrado e Doutorado), da Universidade Federal do Espírito Santo. E-mail: gerdafoerste@yahoo.com.br.  ORCID: http://orcid.org/0000.0002.6040.5435.
Publicado
2019-10-03