PARA ALÉM DA RAZÃO: EXPERIÊNCIAS RADICAIS DE ENSINO-APRENDIZAGEM EM CIÊNCIAS SOCIAIS (UMA REFLEXÃO SOBRE O CURSO TÓPICOS UTÓPICOS, 2017-2018)

Radical teaching and learning experiences in Social Sciences (a reflection on the "Utopian Topics" course, 2018-2018)

Autores

  • Jacques Mick Universidade Federal de Santa Catarina
  • Noa Cykman University of California
  • Renata Andriolo Abel Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.2359-7003.2021v30n2.57645

Palavras-chave:

Utopia, Educação não-formal, Ensino de sociologia, Experiências pedagógicas, Não-racional

Resumo

O artigo relata experiências pedagógicas radicais realizadas entre 2017 e 2018, no âmbito de um curso de extensão da Universidade Federal de Santa Catarina, chamado Tópicos Utópicos. O curso se propôs a tratar de temáticas pouco usuais nas disciplinas especializadas das ciências sociais (antropologia, sociologia, ciência política), explorando dinâmicas originais de estímulo à aprendizagem e de construção coletiva do conhecimento. Em torno de temas como o amor, a morte, a magia, o sonho, o curso alcançou 164 pessoas, de todos os níveis acadêmicos, com variados graus de engajamento. As estratégias adotadas tiveram por objetivo explorar aspectos não racionais e não convencionais da construção do saber, embora fundamentais – a arte, o jogo, o corpo, o afeto, o coletivo, o espontâneo etc. A combinação de grande variedade de dinâmicas de aprendizagem estimulou a dissolução de fronteiras entre o racional e o extra-racional. O resultado foram experiências intensas em criatividade, risco, estudo e compreensão. Tais práticas mobilizaram os conceitos de educação libertária e de educação não-formal, elementos de outras áreas do conhecimento e ainda saberes não-acadêmicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jacques Mick, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutor em Sociologia Política (UFSC). Professor dos programas de Pós-Graduação em Jornalismo e Sociologia Política da Universidade Federal de Santa Catarina.

Noa Cykman, University of California

Mestra em Sociologia Política (UFSC). Doutoranda em Sociologia na University of California (UCSB).

Renata Andriolo Abel, Universidade Federal de Santa Catarina

Licenciada em Ciências Sociais (UFSC). Mestranda em Antropologia Social na Universidade Federal de Santa Catarina.

Referências

BATESON, Gregory. Mente e natureza: uma unidade necessária. Rio de Janeiro: Ed. Francisco Alves, 1986.

BOLTANSKI, Luc; CHIAPELO, Ève. O novo espírito do capitalismo. São Paulo: Martins Fontes, 2009. (Introdução - p. 35-58)

BOURDIEU, Pierre; PASSERON, Jean-Claude. A Reprodução: Elementos para uma teoria do sistema de ensino. Rio de Janeiro: Edições Francisco Alves, 1975.

COMITÊ INVISÍVEL. Aos nossos amigos: crise e insurreição. São Paulo: n-1 edições, 2016.

COMITÊ INVISÍVEL. Motim e destituição: agora. São Paulo: n-1 edições, 2017.

DELEUZE, Gilles. Nietzsche e a filosofia. Tradução de Luiz Orlandi. Rio de Janeiro: Editora Rio, 1976.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil Platôs, v. 1. São Paulo: Editora 34, 2011a.

DELEUZE, Gilles. GUATTARI, Félix. Mil Platôs, v. 5. São Paulo: Editora 34, 2011b.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. O que é a filosofia? Tradução: Bento Prado Jr. e Alberto Alonso Muñoz. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1992.

DERRIDA, Jacques. A universidade sem condição. São Paulo: Estação Liberdade, 2003.

DUARTE, Pedro. A utopia do pensamento. In: NOVAES, Adauto (Org.). O novo espírito utópico. São Paulo: Edições Sesc São Paulo, 2016.

EIDAM, Heinz; TOMAZETTI; Elisete M.; SANTOS, Robinson. Questionamentos filosóficos em sala de aula: ou 27 teses para uma necessária ignorância do professor. Revista Filosofazer, v. 18, n. 34, 2009.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. São Paulo: Graal, 2013.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir: nascimento da prisão. Petrópolis: Vozes, 1999.

GARDNER, Howard. Estruturas da mente: A teoria das inteligências múltiplas. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 1994.

HOLLOWAY, John. Fissurar o capitalismo. São Paulo: Publisher Brasil, 2013.

ILLICH, Ivan. Sociedade sem escolas. Petrópolis, Rio de Janeiro: Ed. Vozes. 1979.

LAKOFF, George.; JOHNSON, Mark. Philosophy in the flesh: the embodied mind and its challenge to western thought. New York: Basic Books, 1999.

MORIN, Edgar. A cabeça bem-feita: repensar a reforma, reformar o pensamento. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2010.

NEIL, Alexander Sutherland. Liberdade sem medo. São Paulo: Brasiliense, 1978.

NIETZSCHE, Friedrich. Gaia Ciência [1882]. São Paulo: Ed. Cia das Letras, 2005.

ONETO, Paulo D. A Nomadologia de Deleuze-Guattari. [S. l.], Lugar Comum, n. 23-24, p. 147-161, 2010.

RAMO Y AFFONSO, Ana Maria. O corpo do xamã e a passagem de Carlos Castaneda. 2008. 91 f. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2008.

RANCIÈRE, Jacques. O mestre ignorante: cinco lições sobre a emancipação intelectual. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

ROGERS, Carl. Liberdade para aprender. Belo Horizonte: Interlivros, 1977.

ROGERS, Carl. Tornar-se pessoa. São Paulo: Martins Fontes, 1961.

SOUSANIS, Nick. Desaplanar. São Paulo: Ed. Veneta, 2017.

SPIVAK, Gayatri. Pode o subalterno falar? Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2010.

STREECK, Wolfgang. How Will Capitalism End?. New Left Review, n. 87, 2014, p. 35-64.

TARDE, Gabriel. Monadologia e Sociologia e Outros Ensaios. São Paulo: Cosac & Naify, 2007. 286 pp.

VARGAS, Eduardo V. Gabriel Tarde e a diferença infinitesimal. In: TARDE, Gabriel. Monadologia e Sociologia e Outros Ensaios. São Paulo: Cosac & Naify, 2007. 286 pp.

VIVEIROS DE CASTRO, Eduardo. Filiação intensiva e aliança demoníaca. Novos estud. - CEBRAP, São Paulo, n. 77, p. 91-126, mar. 2007.

WRIGHT, Erik Olin. How to be an Anticapitalist today. Jacobin Magazine. Disponível em: https://www.jacobinmag.com/2015/12/erik-olin-wright-real-utopias-anticapitalism-democracy/. Acesso em: 01 mar. 2020.

Downloads

Publicado

2021-05-31

Como Citar

MICK, J.; CYKMAN, N.; ANDRIOLO ABEL, R. PARA ALÉM DA RAZÃO: EXPERIÊNCIAS RADICAIS DE ENSINO-APRENDIZAGEM EM CIÊNCIAS SOCIAIS (UMA REFLEXÃO SOBRE O CURSO TÓPICOS UTÓPICOS, 2017-2018): Radical teaching and learning experiences in Social Sciences (a reflection on the "Utopian Topics" course, 2018-2018). Revista Temas em Educação, [S. l.], v. 30, n. 2, p. 133–151, 2021. DOI: 10.22478/ufpb.2359-7003.2021v30n2.57645. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/rteo/article/view/57645. Acesso em: 28 set. 2021.

Edição

Seção

RELATOS DE EXPERIÊNCIA