Conceitos de cultura e suas abordagens:

o desafio da existência humana

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.2359-7003.2024v33n1.67417

Palavras-chave:

Cultura, Constituição humana, Existência

Resumo

O presente estudo apresenta uma investigação sobre o conceito de cultura mediante perspectivas diversas. A questão problema que deu origem à pesquisa foi: em que medida abordagens lançadas sobre o conceito de cultura podem nos auxiliar na compreensão de nossas relações como sociedade e nossa constituição humana? À vista disso investigamos cultura sob perspectivas teóricas da antropologia, sociologia, história, literária e pedagógica, a fim de identificar aspectos partícipes de nossa construção social diante de pontos convergentes e divergentes entre tais teorias. Do ponto de vista metodológico, o estudo configura-se em uma pesquisa qualitativa, bibliográfica, exploratória. Para tanto, autores como Mello (2009), Geertz (2008), Eagleton (2011), Certeau (1995), Laraia (2001) e Bauman (2012) foram basilares para o desenvolvimento das reflexões propostas. Os resultados nos levaram a compreender que cultura se refere à constituição da própria identidade cultural e do sentido de humanidade. A reflexão conceitual sobre cultura, constituição humana e educação compõe questionamentos que tocam o cerne de nossas ações e a representatividade delas na construção de realidades. Sendo assim, encaramos cultura e educação como fenômenos fundantes dessa existência essencial e atitudinal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marlene Barbosa de Freitas Reis, Universidade Estadual de Goiás (UEG)

Marlene Barbosa de Freitas Reis é pós-doutora em Gestão da Informação e Conhecimento pela Universidade do Porto, Portugal. Doutora em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento pela UFRJ. Docente titular da Universidade Estadual de Goiás (UEG). Docente permanente do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Educação, Linguagem e Tecnologias (PPG-IELT/UEG/Anápolis); docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE-UEG/Inhumas) e no curso de Pedagogia da UEG/Inhumas. Líder do GEPEDI (Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação, Diversidade e Inclusão), cadastrado no Diretório dos Grupos de Pesquisa no Brasil, CNPq. Áreas de interesse: Diversidade, Inclusão, Educação Especial, Formação de Professores, Práticas Pedagógicas e Políticas Públicas Educacionais.

Referências

BAUMAN, Zygmunt. Ensaios sobre o conceito de cultura. Rio de Janeiro: Zahar, 2012.

CERTEAU, Michel de. A cultura no plural. Tradução: Enid Abreu Dobránszky. 4. reim. Campinas, SP: Papirus, 1995.

EAGLETON, Terry. A ideia de cultura. Tradução: Sandra Castello Branco. 2. ed. São Paulo: Editora Unesp, 2011.

GEERTZ, Clifford. A interpretação das culturas. 13. reim. Rio de Janeiro: LTC, 2008.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

LARAIA, Roque de Barros. Cultura: um conceito antropológico. 14. ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed, 2001.

MELLO, Luiz Gonzaga de. Antropologia Cultural: iniciação, teoria e temas. 16. ed. Petrópolis: Vozes, 2009.

SANTOS, José Luiz dos. O que é cultura. 16. ed. 12. reim. São Paulo: Editora Brasiliense, 2006.

Downloads

Publicado

2024-05-23

Como Citar

VIEIRA DE MORAIS, I. C.; BARBOSA DE FREITAS REIS, M. Conceitos de cultura e suas abordagens:: o desafio da existência humana. Revista Temas em Educação, [S. l.], v. 33, n. 1, p. e-rte331202449, 2024. DOI: 10.22478/ufpb.2359-7003.2024v33n1.67417. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/rteo/article/view/67417. Acesso em: 14 jul. 2024.