CURRÍCULO, SEXUALIDADE E AÇÃO DOCENTE

desdobramentos discursivos e os sentidos produzidos no contexto escolar

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1983-1579.2020v13nEspecial.54710

Palavras-chave:

Diversidade sexual, Currículo, Educação, Diferença

Resumo

Os estudos de gênero e sexualidade desde sempre se constituíram como uma questão polêmica, dividindo opiniões quanto a sua discussão no contexto escolar. Em geral as abordagens atinentes à sexualidade e gênero que perpassam o currículo escolar são instituídas a partir de conceitos ligados ao padrão da heteronormatividade. O objetivo dessa pesquisa consistiu em analisar a produção acadêmica sobre currículo, diversidade sexual e ação docente no contexto escolar e os sentidos construídos nesse movimento de construção de saberes. Para tanto, foi realizada um estado da arte a partir da análise de dissertações e teses, publicadas entre os anos de 2009 e 2019. Os achados apontaram para uma discussão ainda operada pelo viés biologizante, com enfoque na reprodução humana, tomando como argumento para explicar as posturas em relação ao assunto. A partir do levantamento bibliográfico, percebeu-se que ainda é escassa a discussão sobre currículo/políticas de currículo que abordem a temática de forma mais aprofundada, em termos de compreensões político-filosóficas, por vezes se apresentando de forma muito pontual e superficial. Em face do exposto considera-se que é necessário ampliar o debate na possibilidade de contribuir para que a escola possa pensar estratégias para lidar com essa questão, transformando-se em um espaço reconhecedor das diferenças.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Leonardo Agostinho da Silva, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Brasil.

Mestrando em Educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte e professor na Escola de Enfermagem Thereza Néo.

Meyre-Ester Barbosa de Oliveira, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Brasil.

Doutora em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Atualemnte, Professora Adjunta do curso de Pedagogia da Faculdade de Educação da Universidade do Estado do Rio grande do Norte. 

Referências

ABREU, Rachel Luiza Pulcino; SANTOS, Raquel Alexandre Pinho dos. Gênero e sexualidade nos PNCs: uma análise dos objetivos gerais. Caderno Espaço Feminino- Uberlândia-MG- v.28, n.1. 24-35- Jan/Jun, 2015. p. 24-35. Disponível em: http://www.seer.ufu.br/index.php/neguem/article/view/283733. Acesso em: 24 ago 2020.

BARBOSA, Luciana Uchôa, VIÇOSA, Cátia Silene Carrazoni Lopes, FOLMER, Vanderlei. A educação sexual nos documentos das políticas de educação e suas ressignificações. Revista Eletrônica Acervo Saúde. Vol. 11(10)| e772. 1-10, 2019. p. 1-10. Disponível em: https://acervomais.com.br/index.php/saude/article/view/772/515. Acesso em: 24 ago 2020.

BHABHA, Homi K. A questão do “outro”: diferença, discriminação e o discurso do colonialismo. Pós-modernismo e política / organização de Heloisa Buarque, de Hollanda. - Rio de Janeiro: Rocco, 1991.

FURLANI, Jimena. Educação Sexual — quando a articulação de múltiplos discursos possibilita sua inclusão curricular. PERSPECTIVA, Florianópolis, v. 26, n. 1, 283-317, jan./jun. 2008. p. 283-317. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/perspectiva/article/view/2175-795x.2008v26n1p283. Acesso em: 24 ago 2020.

Autoria x e Autoria y. Políticas Curriculares e Formação de professores: isto ou aquilo? Ou o mesmo? In: FRANGELLA, Rita de Cássia Prazeres; OLIVEIRA, Meyre-Ester Barbosa de (orgs). Currículo e formação de professores: sobre fronteiras e atravessamentos. Curitiba: CRV, 2017. 210 p.

JESUS, Beto et al. Diversidade sexual na escola: uma metodologia de trabalho com adolescentes e jovens. Ed. Especial, revista e ampliada. – São Paulo: ECOS – Comunicação em Sexualidade, 2008. p. 92. Disponível em: http://www.acaoeducativa.org.br/fdh/wp-content/uploads/2015/11/Diversidade-Sexual-na-Escola-uma-metodologia-de-trabalho-CORSA-e-ECOS-2008-1.pdf. Acesso em: 24 ago 2020.

JUNQUEIRA, Rogério Diniz. Pedagogia do armário – A normatividade em ação. Revista Retratos da Escola, Brasília, v. 7, n. 13, jul./dez. 2013. p. 481-498.

LACLAU, Ernesto; MOUFFE, Chantal. Hegemony and Socialist Strategy: towards a Radical Democratic Politics. London: Verso, 1985. 326 p.

LOURO, Guacira Lopes. Gênero, sexualidade e educação. Petrópolis, RJ. Uma perspectiva pós-estruturalista. Vozes, 1997. 179 p.

LOURO, Guacira Lopes. Gênero e sexualidade: pedagogias contemporâneas. Pro-Posições, v. 19. n. 2 (56). 17-23. maio/ago, 2008. p.17-23. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/pp/v19n2/a03v19n2.pdf. Acesos em: 24 ago 2020

LOPES, Alice Casimiro; MACEDO, Elizabeth. Teorias de Currículo. São Paulo: Cortez, 2011. p. 279.

MACEDO, Elizabeth. Currículo e conhecimento: Aproximações entre educação e ensino. Cadernos de Pesquisa, vol.42, n.147, p. 716-737, 2012. p. 716-737.

MACEDO, Elizabeth. Diálogos curriculares entre Brasil e México. Organização Alice Casimiro Lopes, Alicia de Alba. – Rio de Janeiro: EdUERJ, 2014.

MOITA LOPES, Luís Paulo. Multiculturalismo: diferenças culturais e práticas pedagógicas / Antônio Flávio Moreira, Vera Maria Candau (Orgs.). 2. ed. - Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

RANNIERY, Thiago. Currículo, normatividade e políticas de reconhecimento a partir trajetórias escolares de “meninos gays”. Arquivos Analíticos de Políticas Educativas, 25(51), 2017a. http://dx.doi.org/10.14507/epaa.25.2835

RANNIERY, Thiago. Sexualidade na escola: é possível ir além da máquina de diferentes?. In: MACEDO, Elizabeth; RANNIERY, Thiago (Orgs). Currículo, sexualidade e ação docente. Rio de Janeiro: DP ET ali, 2017b.

SEFFNER, Fernando. Equívocos e Armadilhas na Articulação entre Diversidade Sexual e Políticas de Inclusão Escolar. In: JUNQUEIRA, Rogério Diniz (org). Diversidade Sexual na Educação: problematizações sobre a homofobia nas escolas. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, UNESCO, v. 32. 2009. p. 458. Disponível em: http://pronacampo.mec.gov.br/images/pdf/bib_volume32_diversidade_sexual_na_educacao_problematizacoes_sobre_a_homofobia_nas_escolas.pdf. Acesso em: 24 ago 2020.

SILVA, Tomaz Tadeu da. Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis, RJ: Vozes, 2000. 133 p.

SKLIAR, Carlos. A educação e a pergunta pelos Outros: diferença, alteridade, diversidade e os outros "outros". Ponto de Vista, Florianópolis, n.05, p. 37-49, 2003. p. 37-49. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/pontodevista/article/view/1244. Acesso em: 24 ago 2020.

Downloads

Publicado

2020-12-11

Como Citar

SILVA, L. A. da; OLIVEIRA, M.-E. B. de . CURRÍCULO, SEXUALIDADE E AÇÃO DOCENTE: desdobramentos discursivos e os sentidos produzidos no contexto escolar . Revista Espaço do Currículo, [S. l.], v. 13, n. Especial, p. 820–833, 2020. DOI: 10.22478/ufpb.1983-1579.2020v13nEspecial.54710. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/rec/article/view/54710. Acesso em: 18 set. 2021.