OS SABERES SILENCIADOS PELO CURRÍCULO

a epistemologia e o currículo na Educação do Campo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1983-1579.2021v14n2.57814

Palavras-chave:

Epistemologia do Sul, Currículo, Euducação do Campo

Resumo

Este trabalho instiga uma análise sobre um currículo crítico, emancipador, humanizador e holístico que respeite os saberes dos sujeitos do campo, mediante a sua diferença identitária e cultural. O objetivo é analisar as tensões teóricas sobre os estudos das epistemologias do sul e como estas que agregam as lutas e ações no campo do currículo. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica, pautada em autores como Arroyo (2013), Oliveira (2012), Santomé (1995), Santos (2002; 2018) entre outros. O trabalho ilustra discussões teóricas e análise documental que abordam a temática “Currículo”, “Epistemologia do sul” e “Educação do campo”. Como resultado o artigo inferi que as epistemologias curriculares, deve estar vinculada as questões culturais e dos saberes que condicionam as particularidades e a história sociocultural do sujeito do campo, de forma a, instigar estes a compreenderem as estruturas socais que os oprimem, tendo em vista a elaboração de estratégias de atuação com probabilidade de êxito para sua emancipação.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Letícia dos Santos Furtado, Universidade Federal do Pará, Brasil.

Graduada em Pedagogia pela Universidade Federal do Pará.

Eraldo Souza do Carmo, Universidade Federal do Pará, Brasil.

Doutor em Educação pela Universidade Federal do Pará e Professor da Universidade Federal do Pará.

Referências

ARROYO, M. G. Prefácio. Escola: terra de direito. In: ROCHA, M. I. A.; HAGE, S. M. Escola de direito: reinventando a escola multisseriada. Belo Horizonte: Autêntica, 2010 (Coleção Caminhos da Educação do Campo)

ARROYO, M. G; CALDART, R. S.; MOLINA, M. C. Por uma educação do campo. 3. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

ARROYO, M. G. Currículo, território em disputa. 5. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2013.

BASÍLIO, G. Os saberes locais e o novo currículo do Ensino Básico. Dissertação de Mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo em convênio com a Universidade Pedagógica de Moçambique, 2006.

BRASIL. Resolução n. 01 CNE/CEB. Diretrizes operacionais para educação básica nas escolas do campo. Brasília: CNE, 2002.

CALDART, R. S. Por uma educação do campo: traços de uma identidade em construção. In: Educação do campo: identidade e políticas públicas – Caderno 4. Brasília: Articulação Nacional “Por uma Educação do Campo”, 2002.

FURTADO, L. S.; CARMO, E. S. Para uma pedagogia cultural: o currículo e sua relação com a educação ribeirinha na Amazônia. Revista e-Curriculum, São Paulo, v.18, n.4, p. 1712-1732 out./dez. 2020

GEERTZ, C. O saber local: novos ensaios em antropologia interpretativa. Tradução de Vera Mello Joscelyne. Petrópolis, Vozes, 1997, 366 p.

MOREIRA, A. F.; TADEU, T. Currículo, cultura e sociedade (Orgs.). 12.ed. São Paulo: Cortez, 2013.

OLIVEIRA, I. B. Criação curricular, autoformação e formação continuada no cotidiano escolar. In: Ferraço, C. E. (org.). Cotidiano escolar, formação de professores/as e currículos. São Paulo: Cortez, 2005.

OLIVEIRA, I. B. Contribuições de Boaventura de Sousa Santos para a reflexão curricular: princípios emancipatórios e currículos Pensadospraticados. Revista e-curriculum, São Paulo, v.8 n.2, Agosto 2012.

PIRES, E. T. Para uma pedagogia cultural da tradição: práticas de professores ribeirinhos na Ilha do Marajó. 2017. 150f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemáticas (PPGECM), Universidade Federal do Pará, Belém (PA).

SANTOMÉ, J. T. As culturas negadas e silenciadas no currículo. In: SILVA, Tomaz Tadeu da. Alienígenas na sala de aula. Petrópolis, RJ: Vozes, 1995. p. 159-177.

SANTOS, B. S. Construindo as epistemologias do Sul. Antologia Essencial, v. I, COLEÇÃO ANTOLOGIA DO PENSAMENTO SOCIAL LATINO-AMERICANO E CARIBENHO, CLACSO, 2018. p. 297-335.

SANTOS, B. S. Para uma pedagogia do conflito. In: Silva, Luiz Heron; Azevedo, José Clóvis de; Santos, Edmilson Santos dos. Novos mapas culturais, novas perspectivas educacionais. Porto Alegre, 1996. p. 15-33.

SANTOS, B. S. Para uma sociologia das ausências e uma sociologia das emergências. Revista crítica de ciências sociais, 63, Outubro 2002. p. 237-280.

Downloads

Publicado

2021-06-09

Como Citar

FURTADO, L. dos S. .; CARMO, E. S. do . OS SABERES SILENCIADOS PELO CURRÍCULO : a epistemologia e o currículo na Educação do Campo. Revista Espaço do Currículo, [S. l.], v. 14, n. 2, p. 1–8, 2021. DOI: 10.22478/ufpb.1983-1579.2021v14n2.57814. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/rec/article/view/57814. Acesso em: 18 set. 2021.