PROCESSOS EDUCATIVOS DE POPULAÇÕES TRADICIONAIS DA AMAZÔNIA

apontamentos para pensar o currículo de classes multisseriadas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1983-1579.2021v14n2.58076

Palavras-chave:

Multissérie, Educação do Campo, Prática Educativa

Resumo

Este ensaio debate os resultados preliminares de uma pesquisa que vem sendo realizada sobre classes multisseriadas em escolas do campo na região bragantina, Pará. Coloca em análise o currículo da escola do campo gestado a partir da prática educativa de sala de aula, analisando a materialização do aprendizado escolar que se dá na mediação, ou não, com o saber local dos estudantes. Para sua construção, ancoramos-nos em referenciais teóricos e em dados coletados em observações e entrevistas feitas com educadores, com pais e com os estudantes de uma turma multissérie, em uma comunidade rural. Com a reflexão realizada neste ensaio, pretendemos promover uma discussão consequente com os gestores municipais de educação da região e com docentes dessas escolas que resulte num compromisso efetivo de formação continuada cuja pauta passe por alternativas de ressignificação do trabalho pedagógico no ensino fundamental que estão sob essa organização de ensino.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Maria Natalina Mendes Freitas, Universidade Federal do Pará, Brasil.

Doutora em Educação pela Universidade Federal do Pará e Professora da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Pará.

Eliana Campos Pojo Toutonge, Universidade Federal do Pará, Brasil.

Doutora em Ciências Sociais pela Universidade de Campinas e Professora Titular da Universidade Federal do Pará.

Referências

ARROYO, M. G. Educandos e educadores: seus direitos e o currículo. In: Indagações sobre currículo. Brasília: MEC, 2007.

ARROYO, M. G. Imagens quebradas: trajetórias e tempos de alunos mestres. Petrópolis, RJ: Vozes. 2005.

ALVES, N.org.). Criar currículo no cotidiano. São Paulo: Cortez, 2002.

CALDART, R. S. Por uma Educação do Campo: traços de uma identidade em construção. In: KOLLING, Edgar J.; CERIOLI, Paulo R. & CALDART, R.S. (orgs.). Educação do Campo: identidade e políticas públicas. Coleção Por uma Educação do Campo. V. 4. Brasília, DF: Articulação Nacional por Uma Educação do Campo. 2002

CASTRO, E. Tradição e modernidade: a propósito de formas de trabalho na Amazônia. Paper nº 97 do Núcleo de Altos Estudos Amazônicos/NAEA, 1998.

CASTRO, E. Terras de preto entre rios e igarapés. In: Castro, E. Belém de Águas e Ilhas. Belém: CEJUPA, 2006.

CERTEAU, M. l de. A invenção do cotidiano: 1. Artes de fazer. 2ª Ed. Petrópolis: Vozes, 1996.

FERRAÇO, C. E. Currículo, formação continuada de professores e cotidiano escolar: fragmentos de complexidade das redes vividas. In: FERRAÇO, C. E. (Org.). Cotidiano escolar, formação de professores (as) e currículo. 2ªed. São Paulo: Cortez, 2008.

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. 25ª. ed. Rio de janeiro: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, P. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. 41. ed. São Paulo: Cortez, 1997.

FREITAS, M. N. M. O ensino de Ciências em escolas multisseriadas na Amazônia ribeirinha: um estudo de caso no estado do Pará. Dissertação de mestrado. Universidade Federal do Pará/ Núcleo Pedagógico de Apoio ao Desenvolvimento Científico – UFPA/ NPADC, 2005.

GEPERUAZ. Classes Multisseriadas: desafios da educação rural no Estado do Pará/ Região Amazônica. Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq, através do Programa Norte de Pesquisa e Pós-Graduação – PNOPG, realizada no biênio de 2002 – 2004. Belém – PA.

HAGE, Salomão Mufarrej; CORREA, Débora Lisboa; BARROS, Oscar Ferreira & CORRÊA, Sérgio Roberto Moraes. Educação do Campo na Amazônia: retratos da realidade das escolas multisseriadas no estado do Pará. Anais da 57ª Reunião Anual da SBPC. Universidade Federal do Ceará. Fortaleza: CE. 17 a 22 de Julho/2005.

OSOWSKI, Cecília Irene. Dizer poético e currículo: tramas de conhecimentos. In: OSOWSKI, Cecília Irene (Org.). Provocações da sala de aula. São Paulo: Edições Loyola. 1999.

VIGOTSKY, L. S. A formação social da mente. 3ª Ed. São Paulo: Martins Fontes, 1989.

Downloads

Publicado

2021-06-12

Como Citar

FREITAS, M. N. M.; TOUTONGE, E. C. P. PROCESSOS EDUCATIVOS DE POPULAÇÕES TRADICIONAIS DA AMAZÔNIA : apontamentos para pensar o currículo de classes multisseriadas. Revista Espaço do Currículo, [S. l.], v. 14, n. 2, p. 1–12, 2021. DOI: 10.22478/ufpb.1983-1579.2021v14n2.58076. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/rec/article/view/58076. Acesso em: 18 set. 2021.