CONSTRUÇÃO DE REDES TEMÁTICAS

uma proposta teórico metodológica de organização interdisciplinar no campo da pedagogia universitária

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15687/rec.v14iEspecial.60807

Palavras-chave:

Pedagogia Universitária. Interdisciplinaridade. Currículo.

Resumo

Atualmente, no ensino superior brasileiro, há uma crescente nos movimentos de reestruturação acadêmica que priorizam a inovação pedagógica e curricular dos cursos universitários, intensificados por políticas públicas e que se traduzem em projetos políticos-pedagógicos de curso que salientam o conceito de interdisciplinaridade e a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão.  Neste contexto, a organização curricular intenciona a articulação dos diferentes conhecimentos através de eixos que permitam que o conhecimento se construa de maneira integral a partir das variadas epistemologias das áreas. Isto posto, este artigo tem por objetivo contribuir de maneira teórica e conceitual para a reflexão de estratégias teórico-metodológicas que colaborem com a promover de rupturas paradigmáticas no que concerne à inovação, a interdisciplinaridade, ao currículo e à criação de projetos que sejam balizados em uma perspectiva emancipatória. Trata-se de um estudo de caráter qualitativo que, sob a ótica da Pedagogia Universitária, discorre sobre os modelos de organização interdisciplinar no ensino superior e apresenta reflexões derivadas de oficinas pedagógicas realizadas com coordenadores de curso e professores universitários. É possível constatar que, para a elaboração de currículos interdisciplinares que se efetivem em projetos pedagógicos de curso estruturados e articulados por este preceito, é necessário definir um conjunto de princípios que devem orientar as decisões institucionais, bem como a clareza de que uma organização curricular potente e interdisciplinar excede uma visão disciplinar e/ou compartimentalizada de ensino superior. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Maria Antonia Ramos de Azevedo , Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho", Brasil.

Doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo e Professora da Universidade Estadual Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho".

Amanda Rezende Costa Xavier, Universidade Federal de Alfenas, Brasil.

Doutora em Educação pela Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho e Pedagoga da Universidade Federal de Alfenas.

Pâmela Christina Gonçalves de Morais, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho", Brasil.

Mestra em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho e Professora da Rede Municipal de Rio Claro.

Referências

ALMEIDA FILHO, Naomar Monteiro de. Interdisciplinaridade na Universidade Nova: Desafios para a Docência. In: Cervi, G; Rausch, R.B (Orgs.) Docência Universitária: concepções, experiências e dinâmicas de investigação. Blumenau: Meta Editora, 2014, p. 21-28.

ANASTASIOU, Lea das Graças. Processos de Ensinagem: a educação universitária e a construção do conhecimento em processo. In: Anais do VII Congresso Nacional da Rede Unida (UNIFEBE) Brusque, 2007.

AZEVEDO, Maria Antonia Ramos de. Sobre a inovação curricular e pedagógica no contexto universitário. Unesp Ciência, v. 92, 2017, p. 14-21.

AZEVEDO, Maria Antonia Ramos de; ANDRADE; Maria de Fátima R. de. O papel da interdisciplinaridade e a formação do professor: aspectos histórico-filosóficos. Educação Unisinos, v. 15, n. 3, p. 206-213, 2011.

AZEVEDO, Maria Antonia Ramos de; XAVIER, Amanda Rezende Costa; CARRASCO, Lígia Bueno Zangali. Inovação Curricular e Pedagógica no contexto universitário. Unesp Agência de Notícias, São Paulo, mar. 2017. Disponível em <http://unan.unesp.br/destaques/26016/inovacao-curricular-e-pedagogica-no-contexto-universitario&pagina=1>. Acesso em 20 de abril de 2021.

BATERO, José Maria. Fernández.; REDONDO, Nerva Velasco. La transversalidade curricular em el contexto universitário: uma estratégia de actución docente. Revista Complutense de Educacion. Vol14. Num 2 (2003) 379-390.

CARRASCO, Lígia Bueno Zangali. Assessorias pedagógicas das universidades estaduais paulistas: concepções dos espaços institucionais de formação docente universitário. Rio Claro: UNESP, 2016. Dissertação de Mestrado.

CUNHA, Maria Isabel da. (Org.). Qualidade da Graduação: a relação entre ensino, pesquisa e extensão e o desenvolvimento profissional docente. Araraquara: Junqueira e Marin Editores, 2012.

CUNHA, Maria Isabel da. (Org.). Trajetórias e lugares da formação da docência universitária: da perspectiva individual ao espaço institucional. Araraquara: Junqueira e Marin Editores, 2010.

CUNHA, Maria Isabel da. Aportes teóricos e reflexões da prática: a emergente reconfiguração dos currículos universitários. Educación Superior y Sociedad, vol. 9, n. 1, 1998, p. 11-20.

CUNHA, Maria Isabel da. Inovações na educação superior: impactos na prática pedagógica e nos saberes da docência. Em Aberto, Brasília, v. 29, n. 97, set-dez. 2016, p. 87-101.

FREITAS, Ana Elisa de Castro; RESENDE, Lúcia Maria Gonçalves de. Currículo e resistência: horizontes para uma ecologia de saberes. Espaço do Currículo, v.9, n.2, p. 188-199, maio a agosto de 2016

KELLER-FRANCO, Elize. Inovação na educação superior: o currículo por projetos. In: MASETTO, Marcos T. Inovação no ensino superior. São Paulo: Loyola, 2012.

LUCARELLI, Elisa. El asesor pedagógico em la universidad: de la teoria pedagógica a la práctica en la formación. Buenos Aires: Piados, 2000.

LUCARELLI, Elisa. Teoría y práctica como innovación en docencia, investigación y actualización pedagógica. Cuadernos del IICE, nº 10, FFyL, 1994.

MORAES, M. S. S. Temas Transversais em Educação. Ementa de disciplina do Curso de Pós-Graduação em Educação para a Ciência da UNESP. Bauru: 2002.

PHILIPPI JR., Arlindo; FERNANDES, Valdir; PACHECO, Roberto. Ensino, Pesquisa e Inovação: Desenvolvendo a Interdisciplinaridade. Barueri: Manole, 2017.

POMBO, Olga. Interdisciplinaridade: Ambições e limites. Lisboa: Relógio d’Água, 2004.

RAYNAUT, Claude; ZANONI, Magda. Reflexões sobre princípios de uma prática interdisciplinar na pesquisa e no ensino superior. In: PHILIPPI JR., Arlindo; SILVA NETO, Antonio J. Interdisciplinaridade em ciência, tecnologia e inovação. Barueri: Manole, 2011.

REPKO, A.F. Interdisciplinary research: process and theory. Los Angeles/Londres: Sage, 2008.

SACRISTÁN, J. G. (organizador). Saberes e Incertezas sobre o Currículo. Porto Alegre: Penso, 2013.

SACRISTÁN, J. G. O currículo: uma reflexão sobre a prática. 3ª ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.

SANTOS, Boaventura de Sousa; ALMEIDA FILHO, Naomar Monteiro de. A Universidade no século XXI: para uma Universidade Nova. Coimbra: Edições Almedina, 2008.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Por uma concepção multicultural de direitos humanos. Revista Crítica de ciências Sociais. Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra e Centro de Estudos Sociais. Nº 48. Junho, 1997.

SILVA, T. T. Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo. 3ª ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2011.

SOMMERMAN, Américo. Objeto, método e finalidade da interdisciplinaridade. In: PHILIPPI JR., Arlindo; FERNANDES, Valdir. Práticas da interdisciplinaridade no ensino e na pesquisa. Barueri: Manole, 2015.

VASCONCELLOS, C. dos S. Coordenação do Trabalho Pedagógico: do projeto político-pedagógico ao cotidiano da sala de aula. São Paulo: Liberdad Editora, 2013.

VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto Político Pedagógico da Escola: uma construção possível. Campinas: Papiros.

ZABALZA, Miguel A. O ensino universitário: seu cenário e seus protagonistas. Porto Alegre: Artmed, 2004.

ZABALZA, Miguel Angel. Articulación y rediseño curricular: el eterno desafio institucional. Revista de Docência Universitária. Vol. 10 (3) Ouctubre-Diciembre 2012, 17-48.

Downloads

Publicado

13-02-2022

Como Citar

AZEVEDO , M. A. R. de; COSTA XAVIER, A. R.; MORAIS, P. C. G. de. CONSTRUÇÃO DE REDES TEMÁTICAS: uma proposta teórico metodológica de organização interdisciplinar no campo da pedagogia universitária. Revista Espaço do Currículo, [S. l.], v. 14, n. Especial, p. 1–22, 2022. DOI: 10.15687/rec.v14iEspecial.60807. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/rec/article/view/60807. Acesso em: 13 jun. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)